Vin Diesel anuncia início da produção da adaptação dos quadrinhos de Bloodshot


Vin Diesel publicou um vídeo em seu Instagram para marcar o começo da produção de seu novo filme. Trata-se da adaptação dos quadrinhos de “Bloodshot”, que pode inaugurar um universo de personagens da editora Valiant no cinema, em produções da Sony. No vídeo, ele se apresenta com uma camiseta com o logotipo de “Bloodshot” e revela que já está em Cape Town, na África do Sul, para o começo das filmagens. Com ele, também aparece o diretor Dave Wilson, que vai estrear na função após trabalhar em diversos blockbusters (inclusive da Marvel) como técnico de efeitos visuais.

“Bloodshot” foi criado em 1992 por Kevin VanHook e Yvel Guichet, e gira em torno do assassino profissional Angelo Mortalli, ex-capanga de mafiosos que entra em um programa de proteção a testemunhas e acaba traído, virando cobaia de uma experiência para se tornar uma verdadeira máquina de matar. Suas memórias são apagadas e diversos nanocomputadores são implantados em seu corpo. E enquanto tenta recuperar sua memória, Angelo se divide entre batalhas com a polícia e com os bandidos.

Há quatro anos, havia um roteiro sendo escrito por Jeff Wadlow (diretor de “Kick-Ass 2”) e Eric Heisserer (“A Chegada”), mas muita coisa mudou desde então – o projeto original seria dirigido por David Leitch e Chad Stahelski (“De Volta ao Jogo”).

Além de Diesel, o elenco inclui Eiza González (“Em Ritmo de Fuga”), Toby Kebbell (“Quarteto Fantástico”), Talulah Riley (“Westworld”), Lamorne Morris (“New Girl”) e Jóhannes Haukur Jóhannesson (“Os Inocentes”). Para completar, Guy Pearce (também de “Os Inocentes”, da Netflix) negocia viver o vilão da trama.



Segundo o site Deadline, o filme deverá seguir o tom de clássicos sci-fi dos anos 1980, como “Robocop”, “O Exterminador do Futuro” e “O Vingador do Futuro”. E há rumores de que será bastante violento e focado num público adulto, como a recente adaptação de “Logan”.

#Bloodshot

Uma publicação compartilhada por Vin Diesel (@vindiesel) em


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings