Série animada Rugrats: Os Anjinhos vai ganhar revival televisivo e um filme com atores reais


A série animada “Rugrats: Os Anjinhos”, grande sucesso dos anos 1990, vai voltar à televisão e também ganhar um filme com atores reais.

A atração clássica terá um revival no canal pago infantil Nickelodeon com uma nova temporada de 26 episódios inéditos, a cargo de seus criadores originais, Arlene Klasky, Gábor Csupó e Paul Germain, que retomarão a produção interrompida em 2005.

Um dos maiores sucessos do Nickelodeon, “Rugrats: Os Anjinhos” foi lançada em 1991 e inovou ao contar histórias sob o ponto de vista de um grupo de bebês. A produção também rendeu três longa-metragens animados, além do spin-off “Rugrats Crescidos” (2003–2008) que acompanhava os bebês originais na adolescência.



“‘Rugrats’ é, sem dúvida, um dos desenhos animados mais célebres da história da TV, e estamos entusiasmados em apresentar a um público totalmente novo esses personagens icônicos em novas aventuras”, declarou Sarah Levy, presidente interina da Nickelodeon. “Ainda hoje as crianças são fascinadas com o mundo dos bebês, assim como quando a série original estreou em 1991. Mal podemos esperar para que os pequenos de hoje em dia conheçam Tommy, Chuckie e sua turminha”, completou a executiva sobre o projeto.

Já ó filme com atores reais faz parte do projeto Paramount Players, uma divisão criada pela Viacom para explorar franquias de seu catálogo de produções. Ele será o terceiro projeto da Paramount Players derivado de uma série da Nickelodeon – após “Clube do Terror” (Are You Afraid of the Dark?) e “Dora, a Aventureira” (Dora the Explorer), que ganharão longas em 2019.

A versão live action de “Rugrats: Os Anjinhos” está sendo escrita por David A. Goodman (da série animada “Uma Família da Pesada”) e teve estreia marcada para novembro de 2020.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings