blank

Evangeline Lilly diz que foi machucada de propósito durante gravações de Lost

Evangeline Lilly acusou o coordenador de dublês da série “Lost” de machucá-la intencionalmente durante a gravação da atração. O site Deadline registrou uma declaração da antiga intérprete de Kate durante um evento, sobre o tema da misoginia nos estúdios de Hollywood.

Na ocasião, ela revelou ter ficado com os dois antebraços esfolados por conta da cena. “Havia feridas abertas, cheias de pus escorrendo. Eu parecia uma mutante. Minha mãe dizia ‘você nunca mais vai poder usar um vestido de festa de novo’”.

Ela afirmou que não se tratou de um acidente, mas de negligência por parte do coordenador de dublês da produção. O homem, descrito como misógino, a teria punido por ela ter insistido em fazer a cena no lugar de uma dublê, ao contrário do que era o desejo dele.

A cena em questão envolvia rolar por um galho de árvore e segurá-lo – não, havia, porém, risco de cair porque ela estava amarrada. Lilly disse que pediu para usar um tecido para proteger os braços, mas o coordenador negou, alegando que eles apareceriam na tela. Ela então repetiu a cena várias vezes com os braços desprotegidos, obrigada pelo coordenador.

“Eu senti que ele estava dizendo ‘vou te colocar no meu lugar por me desafiar’. Ou eu me curvava ao poder dele, ou eu me machucava. Eu tinha 20 e poucos naquela época. Hoje, eu provavelmente voltaria atrás”, afirmou.

Ao seguir carreira no cinema, ela se envolveu em muito mais cenas de ação que na época de “Lost”, mas nunca mais teve nenhum problema do gênero. Ela estará a seguir em “Homem Formiga e a Vespa”, em que interpreta a heroína Vespa, com estreia prevista para 5 de julho no Brasil.