Rômulo Arantes Neto vence processo contra o Google por vídeo íntimo vazado

 

O Google Brasil terá que indenizar o ator Rômulo Arantes Neto (do filme “Mais Forte que o Mundo: A História de José Aldo” e da novela “Malhação”) por conta de um vídeo íntimo publicado na Internet.

A decisão foi da 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro em ação movida pelo ator desde 2011, mas o valor da indenização é relativamente pequeno: R$ 10 mil.

Rômulo pedia que o provedor retirasse da rede um vídeo íntimo, gravado em local privado clandestinamente por um terceiro que o publicou na internet.

Ele pedia R$ 250 mil, mas o Google venceu em primeira instância e não precisou desembolsar o valor. O ator recorreu e acabou vencendo a ação, com valor bem menor, após o desembargador Ferdinaldo Nascimento rejeitar o embargo de declaração proposto pelo Google, que tinha pedido esclarecimentos de alguns pontos da decisão judicial.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.

Back to site top
Change privacy settings