George Clooney faz doação milionária para combate aos grupos de ódio nos EUA



O ator George Clooney e sua esposa, a advogada humanitária Amal Clooney, doaram US$ 1 milhão ao Centro Legal de Pobreza do Sul, uma organização americana sem fins lucrativos que monitora grupos extremistas e de ódio nos Estados Unidos, em resposta aos protestos em Charlottesville, na Virgínia, neste mês.

“O que aconteceu em Charlottesville, e o que está acontecendo em comunidades no nosso país, requer nosso engajamento coletivo para enfrentar o ódio”, disse o casal Clooney em comunicado conjunto.



Em 12 de agosto, a cidade Charlottesville foi cenário de uma passeata organizada por neonazistas e outros supremacistas brancos , que desencadeou protestos e levou à morte uma mulher, atropelada por um carro dirigido por um neonazista contra a multidão. Os conflitos nas ruas geraram também uma crise política para o presidente Donald Trump, que elogiou “pessoas muito boas” em ambos lados do conflito e disse que a culpa dos incidentes era da esquerda que foi protestar.

O presidente do Centro Legal de Pobreza do Sul, Richard Cohen, agradeceu aos Clooney por “estarem conosco neste momento crítico na luta de nosso país contra o ódio”.


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings