Novo trailer de Star Trek: Discovery traz klingons e um vilão clássico da franquia espacial



A Netflix divulgou o novo trailer de “Star Trek: Discovery” na Comic-Con. A prévia já legendada se concentra em cenas de ação sem contexto e na protagonista melancólica Michael Burnham, vivida por Sonequa Martin-Green (série “The Walking Dead”). Entre os destaques, há aparições de klingons, do trapaceiro clássico Harry Mudd (agora vivido por Rainn Wilson, de “The Office”), do vulcano Sarek (James Frain, de “Gotham”) e dois capitães da frota estelar, interpretados por Michelle Yeoh (“O Tigre e o Dragão”) e Jason Isaacs (Lucius Malfoy na franquia “Harry Potter”).

A falta de detalhes alimenta especulações, já que, originalmente, a personagem de Michelle Yeoh foi apresentada como Capitã Georgiou, oficial comandante da nave da Frota Estelar Shenzou, mais tarde renomeada Discovery. Também foi antecipado que o Capitão da Discovery seria vivido por Jason Isaacs. E que uma jovem tenente, papel de Sonequa, tomaria o comando para si.

Os três personagens também ilustram novas fotos, que podem ser vistas abaixo.



A série foi desenvolvida originalmente por trekkers de três gerações diferentes: Nicholas Meyer (diretor de “Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan” e roteirista de “Jornada nas Estrelas IV – A Volta para Casa”, nos anos 1980), Bryan Fuller (criador da série “Hannibal”, que começou a carreira escrevendo episódios das séries “Star Trek: Deep Space Nine” e “Star Trek: Voyager”, nos anos 1990), e Alex Kurtzman (roteirista dos dois primeiros filmes do reboot da franquia, “Star Trek” e “Além da Escuridão: Star Trek”). Mas Fuller, que tinha a função principal de showrunner, acabou saindo para se dedicar ao lançamento de “American Gods”. Em seu lugar, assumiram seus assistentes, Gretchen Berg e Aaron Harberts, que trabalharam com o produtor em “Pushing Daisies”.

O piloto foi dirigido por David Semel (séries “Hannibal” e “The Strain”) e o lançamento foi agendado para o dia 24 de setembro nos Estados Unidos. Seguindo o padrão estabelecido em outras parcerias da Netflix, ela será disponibilizada no dia seguinte no mercado internacional, na proporção de um episódio por semana.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings