Mostra de Tiradentes premia filmes dirigidos por mulheres

 

O filme “Baronesa”, de Juliana Antunes, foi o vencedor da 20ª Mostra de Cinema de Tiradentes, recebendo o Troféu Barroco, conferido pelo Júri da Crítica, e o Prêmio Helena Ignez, entregue pela primeira vez. Ele foi criado para celebrar um destaque feminino e que foi dado a Fernanda de Sena, diretora de fotografia do longa.

O trabalho marca a estreia de Juliana Antunes na direção e é apenas o terceiro filme dirigido por uma mulher a vencer o festival. A trama gira em torno de duas vizinhas em um bairro de periferia de Belo Horizonte, que buscam evitar os conflitos do tráfico.

O público, porém, preferiu outro título. O documentário “Pitanga”, que marca a estreia da atriz Camila Pitanga como diretora (em parceria com o cineasta Beto Brant), foi escolhido o Melhor Filme na votação popular. O longa traça a trajetória do ator Antônio Pitanga, pai de Camila. E se integra à consagração das mulheres cineastas realizada pelo evento, assim como o vencedor na categoria de Melhor Curta da Mostra Foco: “Vando Vulgo Vedita”, de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus.

O Júri Jovem, composto por pessoas selecionadas através de uma oficina de crítica cinematográfica, foi responsável pelo prêmio da Mostra Olhos Livres, que reúne filmes com uma linguagem mais autoral e menos convencional. O troféu foi entregue à “Lamparina da Aurora”, produção maranhense dirigida por Frederico Machado, proprietário da Lume Filmes e também responsável por um festival no Nordeste. O longa-metragem gira em torno das memórias de um casal de idosos em uma fazenda abandonada.

Os diretores dos filmes premiados receberão incentivos de empresas patrocinadoras para a realização de um novo trabalho, como recursos para locação de equipamentos e para pós-produção.

Confira abaixo todos os premiados da 20ª Mostra de Tiradentes.

Vencedores da Mostra de Tiradentes 2017

Melhor Filme da Mostra Aurora pelo Júri da Crítica
Barones, de Juliana Antunes

Melhor Filme da Mostra Olhos Livres pelo Júri Jovem
Lamparina da Aurora, de Frederico Machado

Melhor Filme pelo Júri Popular
Pitanga, de Camila Pitanga e Beto Brant

Melhor Curta da Mostra Foco pelo Júri da Crítica
Vando Vulgo Vedita, de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus

Melhor Curta pelo Júri Popular
Procura-se Irenice, de Marcos Escrivão e Thiago B. Mendonça

Prêmio Helena Ignez para Destaque Feminino
Fernanda de Sena, diretora de fotografia de Baronesa

Prêmio Aquisição Canal Brasil
Vulgo Vando Vedit, de Andréia Pires e Leonardo Mouramateus

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings