Revista Elle acusa Bertolucci por estupro de Maria Schneider em O Último Tango em Paris



[Texto revisado pelo editor] A revista Elle levantou uma polêmica antiga do cinema em sua nova edição, sob o título: “Bertolucci admite que conspirou para filmar uma cena de estupro não consentido em ‘O Último Tango em Paris'”.

O texto (leia na íntegra aqui) se refere a um vídeo de 2013 que ressurgiu no blog de uma ONG espanhola, em que o cineasta italiano Bernardo Bertolucci refletia sobre Maria Schneider, morta dois anos antes, confidenciando que nunca mais tinha falado com ela após “O Último Tango em Paris” (1972). Ele contou que a atriz o odiava pela forma como planejou, em segredo, o take em que sua personagem era estuprada no filme. No vídeo, ele explica que combinou com Marlon Brando o uso de manteiga como lubrificante, sem revelar para a atriz como a cena seria filmada. O objetivo era registrar uma reação realista de protesto e raiva.

“A seqüência da manteiga foi uma ideia que eu tive com Marlon na manhã antes das filmagens”, disse Bertulocci na gravação, feita durante um encontro com cinéfilos na Cinémathèque Française. Ele acrescentou que se sentiu horrível pela forma como tratou Schneider, mas defendeu-se, explicando que “queria a reação dela como garota, não como atriz.”

“Eu não queria que Maria interpretasse sua humilhação e sua raiva, eu queria que ela sentisse… a raiva e a humilhação. Então ela me odiou pelo resto de sua vida.”

A jornalista da Elle lembra que Maria Schneider tinha só 19 anos anos e Brando já estava com 48, e que a atriz passou os anos seguintes lutando contra o vício de drogas e depressão após a atenção trazida pelo filme. Além disso, ainda cita uma entrevista concedida por Schneider ao tabloide Daily Mail em 2007, em que revelava ter se sentido violada pela experiência. “Eu me senti humilhada e, para ser honesta, um pouco estuprada, tanto por Marlon quanto por Bertolucci”, ela disse . “Após a cena, Marlon nem veio me consolar ou pedir desculpas. Felizmente, foi apenas um take.”



A cena referida se tornou uma das mais famosas da história do cinema. Quem não lembra, pode conferir abaixo, sem receio de closes de nudez como no resto do filme. Vale a pena rever diante da polêmica, que já chegou às redes sociais. Até a atriz Jessica Chastain se mostrou indignada, compartilhando o link da publicação. E ainda acrescentou seus próprios comentários inflamatórios: “Para todas as pessoas que amam este filme: vocês estão assistindo a uma jovem de 19 anos ser estupradas por um homem de 48. O diretor planejou o ataque. Eu me sinto enojada”.

Veja os vídeos para tirar suas próprias conclusões.



Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.



Back to site top
Change privacy settings