La La Land lidera lista de indicados ao Globo de Ouro 2017



A Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood divulgou a lista dos indicados a seu prêmio anual. E poucas horas após conquistar a “versão americana” dessa eleição, o Critics Choice Awards, o musical “La La Land” voltou a chamar atenção com o maior número de indicações ao Globo de Ouro 2017.

O romance musical entre um pianista e uma aspirante a atriz concorre em sete categorias: Melhor Filme de Comédia ou Musical, Ator (Ryan Gosling), Atriz (Emma Stone), Direção e Roteiro Original (ambos de Damien Chazelle), Canção e Trilha Sonora.

Mas como o Globo de Ouro divide suas premiações de cinema entre os gêneros de Drama e Comédia (ou Musical), o evento também consagra um segundo Melhor Filme. E neste lado do espectro cinematográfico, a vantagem é do drama indie “Moonlight”, indicado a seis troféus: Melhor filme de Drama, Ator Coadjuvante (Mahershala Ali), Atriz Coadjuvante (Naomie Harris), Direção e Roteiro Original (ambos de Barry Jenkins) e Trilha Sonora. Apenas as três últimas categorias são compartilhadas entre os gêneros, levando a um confronto entre “Moonlight” e “La La Land”.

A lista cinematográfica ainda chama atenção pela inclusão do drama de guerra “Até o Último Homem”, que representa a volta do diretor Mel Gibson às cerimônias de premiação – o filme recebeu dois prêmios do Critics Choice!

Entre os demais candidatos a Melhor Filme de Drama estão “Manchester à Beira-Mar”, de Kenneth Lonergan, “A Qualquer Custo”, de David Mackenzie, e “Lion”, de Garth Davis. Com isso, ficaram de fora “Sully – O Herói do Rio Hudson”, de Clint Eastwood, e “Silêncio”, de Martin Scorsese. Nenhum dos dois filmes apareceu em qualquer categoria. Não se sabe, porém, se “Silêncio” chegou a ser exibido em tempo hábil para a imprensa estrangeira de Hollywood.

O Brasil também não emplacou indicação na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, que será disputada entre dois longas franceses, “Divines” e “Elle”, além de “Neruda” (Chile), “O Apartamento” (Irã) e “Toni Erdmann” (Alemanha).

Na disputa televisiva, o domínio mais amplo é de “American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson” nas categorias de Minissérie ou Telefilme, com cinco indicações. Por sinal, este ano deixou bem claro que se não houver uma cisão entre Minisséries e Telefilmes, nenhum longa televisivo voltará a ser indicado à prêmios. Veja-se os candidatos atuais e os que disputaram o Critics Choice.

Apesar dessa força da atração do canal FX e da programação do HBO como um todo, veja-se suas 14 indicações, a lista de concorrentes do Globo de Ouro não se concentra apenas na TV paga. Os membros da Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood também consomem bastante streaming. A ponto de produções da Amazon estarem tão bem representadas quanto as da Netflix. Há também destaque para produções da TV aberta, como as comédias do canal CW, a minissérie “American Crime” e o drama “This Is Us”.

Como sempre, a principal tendência vista nas indicações é a busca incessante por novidades. Na disputa de Melhor Série de Drama, apenas “Game Of Thrones” é veterano. Todas os seus concorrentes estrearam esse ano: “The Crown”, “Stranger Things”, “This Is Us” e “Westworld”.

A cerimônia da 74ª edição do Globo de Ouro acontece em Los Angeles, no dia 8 de janeiro, com transmissão no Brasil pelo canal pago TNT. Conheça outras opções de exibição neste link.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cultura/filmes/veja-lista-completa-de-indicados-ao-globo-de-ouro-20631746#ixzz4SdTh675x
© 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

CINEMA

Melhor Filme – Drama
“Manchester à Beira-Mar
“Moonlight
“Lion – Uma Jornada para Casa”
“A Qualquer Custo”
“Até o Último Homem”

Melhor Filme – Comédia/Musical
“La La Land”
“20th Century Women”
“Sing Street”
“Deadpool”
“Florence – Quem é Essa Mulher?”

Melhor Diretor
Barry Jenkins, por “Moonlight”
Damien Chazelle, por “La La Land”
Kenneth Lonergan, por “Manchester à Beira-Mar”
Mel Gibson, por “Até o Último Homem”
Tom Ford, por “Animais Noturnos”

Melhor Ator em Drama
Casey Affleck, por “Manchester à Beira-Mar”
Viggo Mortensen, por “Capitão Fantástico”
Denzel Washington, por “Fences”
Andrew Garfield, por “Até o Último Homem”
Joel Edgerton, por “Loving”

Melhor Atriz em Drama
Amy Adams, por “A Chegada”
Isabelle Huppert, por “Elle”
Natalie Portman, por “Jackie”
Ruth Negga, por “Loving”
Jessica Chastain, por “Miss Sloane”

Melhor Ator em Comédia/Musical
Ryan Gosling, por “La La Land”
Hugh Grant, por “Florence – Quem é Essa Mulher?”
Colin Farrell, por “The Lobster”
Ryan Reynolds, por “Deadpool”
Jonah Hill, por “Cães de Guerra”

Melhor Atriz em Comédia/Musical
Emma Stone, por “La La Land”
Meryl Streep, por “Florence – Quem é Essa Mulher?”
Lily Collins, por “Rules Don´t Apply”
Annette Bening, por “20th Century Women”
Haille Steinfield, por “Quase 18”


Melhor Ator Coadjuvante
Mahershala Ali, por “Moonlight”
Jeff Bridges, por “A Qualquer Preço”
Dev Patel, por “Lion – Uma Jornada para Casa”
Aaron Taylor Johnson, por “Animais Noturnos”
Simon Helberg, por “Florence – Quem é Essa Mulher”

Melhor Atriz Coadjuvante
Viola Davis, por “Fences”
Nicole Kidman, por “Lion – Uma Jornada para Casa”
Michelle Williams, por “Manchester à Beira-Mar”
Naomie Harris, por “Moonlight”
Octavia Spencer, por “Estrelas Além do Tempo”

Melhor Roteiro
Kenneth Lonergan, por“Manchester à Beira-Mar”
Damien Chazelle, por “La La Land”
Barry Jenkins, por“Moonlight”
Tom Ford, por“Animais Noturnos”
Taylor Sheridan,, por“A Qualquer Custo”

Melhor Animação
“Kubo e as Cordas Mágicas”
“Zootopia”
“My Life as Zucchini”
“Moana”
“Sing”
“Trolls”

Melhor Filme Estrangeiro
“Toni Erdmann” (Alemanha)
“Elle” (França)
“Neruda” (Chile)
“O Apartamento” (Irã)
“Divines” (França)

Melhor Trilha Sonora
Jóhan Jóhannsson, por “A Chegada”
Volker Bertelmann e Dustin O’Halloran, por “Lion”
Justin Hurwitz, por “La La Land”
Nicholas Britell, por “Moonlight”
Benjamin Wallfisch, Pharrell Williams e Hans Zimmer, por “Estrelas Além do Tempo”

Melhor Canção
“Can’t Stop the Feeling”, de “Trolls”
“City of Stars”, de “La La Land”
“Faith”, de “Sing”
“Gold”, de “Gold”
“How Far I’ll Go”, de “Moana”

TELEVISÃO

Melhor Série de Drama
“The Crown”
“Game of Thrones”
“Stranger Things”
“This Is Us”
“Westworld”

Melhor Série de Comédia/Musical
“Atlanta”
“Black-ish”
“Mozart in the jungle”
“Transparent”
“Veep”

Melhor Minissérie ou Telefilme
“American Crime”
“The Dresser”
“The Night Manager”
“The Night Of”
“The People vs. OJ Simpson”

Melhor Atriz em Série de Drama
Caitriona Balfe, por “Outlander”
Claire Foy, por “The Crown”
Keri Russell, por “The Americans”
Winona Ryder, por “Stranger Things”
Evan Rachel Wood, por “Westworld”

Melhor Ator em Série de Drama
Rami Malek, por “Mr. Robot”
Bob Odenkirk, por “Better Call Saul”
Matthew Reese, por “The Americans”
Liev Schreiber, por “Ray Donovan”
Billy Bob Thornton, por “Goliath”

Melhor Ator em Série de Comédia
Anthony Anderson, por “Black-ish”
Gael Garcia Bernal, por “Mozart in the Jungle”
Donald Glover, por “Atlanta”
Nick Nolte, por “Graves”
Jeffrey Tambor, por “Transparent”

Melhor Atriz em Série de Comédia
Rachel Bloom, por “Crazy Ex-Girlfriend”
Julia Louis-Dreyfus, por “Veep”
Sarah Jessica Parker, por “Divorce”
Gina Rodriguez, por “Jane, The Virgin”
Tracy Ellis Ross, por “Black-ish”

Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme
Riz Ahmed. por “The Night Of”
Bryan Cranston, por “All the Way”
John Turturro, por “The Night Of”
Tom Hiddleston, por “Night Manager”
Courtney B. Vance, por “People v. OJ Simpson”

Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme
Felicity Huffman, por “American Crime”
Riley Keough, por “The Girlfriend Experience”
Sarah Paulson, por “People v. OJ Simpson: American crime story”
Charlotte Rampling, por “The London Spy”
Kerry Washington, por “Confirmation”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme
Olivia Colman, por “The Night Manager”
Lena Headey, por “Game of Thrones”
Mandy Moore, por “This Is Us”
Chrissy Metz, por “This Is Us”
Thandie Newton, por “Westworld”

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme
Sterling K. Brown, por “People v. OJ Simpson: American crime story”
Hugh Laurie, por “The Night Manager”
John Lithgow, por “The Crown”
Christian Slater, por “Mr. Robot”
John Travolta, por “People v. OJ Simpson: American crime story”



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings