Fim de ano marcado por mortes de celebridades inspira Charlie Sheen a rezar para que Trump seja o próximo

A série de mortes consecutivas de personalidades do mundo do entretenimento tem deixado o clima do fim de ano bastante pesado em Hollywood. Mas isso não abalou Charlie Sheen, que aproveitou o tema para demonstrar seu humor negro.

Usando seu Twitter, o ator pediu a Deus para incluir mais um famoso em sua lista de mortes. “Querido Deus. Que o próximo seja Trump, por favor”, escreveu Sheen para seus 11,8 milhões de seguidores.

O tuíte foi feito em formato de oração — “Trump next, please”, repetido várias vezes, com fervor. Veja abaixo.

O presidente eleito Donald Trump, que é seguido por 18,1 milhões no Twitter, onde é bastante ativo, ainda não respondeu à provocação.