Plataforma Now, da Net, passa a oferecer lançamentos simultâneos com o cinema

Uma novidade tecnológica, introduzida nesta semana no Brasil, pode representar uma alternativa para ampliar o alcance dos filmes destinados ao circuito limitado dos cinemas nacionais. O serviço de streaming Now, plataforma de VOD (video on demand) da Net e da Claro, inaugurou uma nova experiência no mercado: o lançamento de filmes on demand simultâneo com os cinemas.

O primeiro título disponibilizado é a comédia espanhola “Um Dia Perfeito”, com Tim Robbins e Benicio del Toro. Distribuído nos cinemas pela Esfera, o longa foi lançado na quinta-feira passada (21/7) em duas salas do Rio, duas de São Paulo e uma de Brasília. No mesmo dia, entrou no catálogo do Now a R$ 21,90.

O preço é salgado, mais que o dobro dos R$ 9,90 cobrados pelos demais filmes do serviço, mas permite acesso ao público que não mora numa das cidades privilegiadas pelo lançamento e ainda rende um pagamento justo ao distribuidor, que investiu para lançar o longa no país.

“Nosso objetivo não é canibalizar o cinema, por isso colocamos o preço mais alto. Queremos promover os filmes independentes que têm acesso a poucas salas, e dar uma opção ao assinante que está fora do circuito independente Rio-São Paulo”, explicou o diretor de conteúdo e programação das operadoras, Fernando Magalhães, em entrevista ao site Filme B.

A Net está em negociação para lançar de dois a quatro filmes por mês em lançamento simultâneo, mas aguarda os números de “Um Dia Perfeito” para definir os próximos passos da estratégia.

A princípio, depois que o filme sair de cartaz, ele ainda poderá ser conferido no Now, ao preço dos demais títulos (R$ 9,90). Depois de um ano, o aluguel fica ainda mais barato, quando o filme entra em catálogo.

“A ideia é criar uma opção de primeira janela para alguém que não tem a mesma opção de distribuição de um blockbuster”, explica Magalhães. “Seremos a melhor opção sempre que o produtor e o distribuidor entenderem que essa é a forma mais rentável de lançamento para um filme.”

Nos EUA, a Comcast e outras operadoras de plataformas de VOD promovem há alguns anos lançamentos pontuais simultâneos com o cinema para filmes independentes. Um dos maiores sucessos dessa iniciativa foi a estreia da comédia “A Entrevista” (2014), que sofreu boicote nos cinemas após ameaça de ataque por hackers norte-coreanos. Mesmo assim, a iniciativa enfrenta resistência, como a retaliação das grandes redes americanas, que buscam impedir lançamentos simultâneos das produções dos serviços de streaming Netflix e Amazon, barrando seus acessos a salas de cinema.