Audiência de The Walking Dead cai ainda mais e retorna ao nível da 1ª temporada

Audiência de The Walking Dead cai ainda mais e retorna ao nível da 1ª temporada

 

O mais recente episódio de “The Walking Dead”, exibido no domingo (4/3), registrou a pior audiência da série desde a 1ª temporada, quando a atração ainda não tinha sido descoberta pelo grande público.

Ao todo, 6,8 milhões de pessoas assistiram ao episódio ao vivo, que ainda rendeu 2,9 pontos na faixa demográfica adulta, audiência preferencial dos canais com anunciantes.

Até então, “The Walking Dead” só registrara menos que 3 pontos de audiência em sua 1ª temporada. Já a última vez que a série atraiu menos de 7 milhões de telespectadores foi no penúltimo episódio da 2ª temporada, “Better Angels”, assistido por 6,9 ​​milhões.

De forma preocupante, a série perdeu mais de 1 milhão de telespectadores entre o início da midseason e o segundo episódio da metade da 8ª temporada. O detalhe é que o capítulo anterior já tinha marcado a pior audiência de midseason desde a 2ª temporada, em 2011. E o capítulo o que veio antes do hiato também teve a pior audiência de meio de temporada desde então.

A série de zumbis continua a ser uma das maiores audiências da TV paga americana, mas não rivaliza mais com as principais atrações da TV aberta, após perder mais de 10 milhões de telespectadores nas duas últimas temporadas.

No Brasil, “The Walking Dead” é exibida pelo canal pago Fox e, sem intervalos comerciais, no Fox Premium 2.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna