Diretor italiano vai parar no hospital após violento ataque homofóbico

Diretor italiano vai parar no hospital após violento ataque homofóbico

 

O diretor italiano Sebastiano Riso foi vítima de um violento ataque homofóbico, que o levou a um hospital em Roma. O cineasta está internado no hospital Fatebenefratelli, onde deve permanecer pelos próximos 10 dias. Ele não está conseguindo enxergar com o olho direito.

Dois homens o atacaram de surpresa na última segunda-feira (2/10), surpreendendo-o na saída de sua casa com diversos socos em seu rosto, peitoral e estômago, enquanto o xingavam com frases homofóbicas.

Sebastiano Riso acaba de lançar seu segundo longa-metragem, “La Famiglia”, que teve première elogiada no Festival de Veneza. O filme gira em torno de um casal que vive do comércio ilegal de seus próprios bebês. Eles engravidam para vender as crianças para casais homossexuais, proibidos por lei de adotar filhos na Itália.

“Ontem, fui atingido três vezes: como homossexual, como diretor de cinema e como uma pessoa. Como homossexual devido ao que me insultaram. Como diretor, pelo tema do meu último filme, sobre a possibilidade de um casal gay formar sua própria família. E como pessoa pelo fato da violência ter sido cometida porque expressei minhas opiniões através de meu trabalho”, disse o diretor, em comunicado.

Ele contou mais detalhes à imprensa italiana.

“Eu estava de volta de Milão, onde eu fui para promover meu novo filme junto com meu amigo Sebastian Gimelli Morosini, que também é um dos intérpretes do filme, e nós estávamos descendo as escadas para ir a um café quando uma pessoa se aproximou, olhou para mim e ele socou a minha cara, depois meu estômago e puxou meu cabelo. Perdi o ar e caí no chão. Meu amigo chegou até mim e começou a gritar e pedir ajuda. uma vez que eram dois homens e eles não paravam de me agredir e me xingar”, disse, em entrevista publicada pelo jornal Reppublica.

O cineasta ainda declarou que seguirá fazendo filmes sobre direitos LGBT+ e não mudará sua forma de pensar ou seu trabalho.

Veja abaixo o trailer e o pôster de “La Famiglia”.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna