Hackers atacam a HBO e roubam material inédito, inclusive de Game of Thrones

Hackers atacam a HBO e roubam material inédito, inclusive de Game of Thrones

 

O canal pago americano HBO foi alvo de um ataque massivo de hackers nos últimos dias, que roubaram episódios inéditos e informações sigilosas de sua programação. O presidente da HBO, Richard Plepler, confirmou a invasão em um email enviado para todos os funcionários, afirmando que a situação é “perturbadora para todos”.

Segundo a revista Entertainment Weekly, episódios das séries “Ballers” e “Room 104” já apareceram para download em sites ilegais. Além disso, um roteiro do próximo episódio de “Game of Thrones”, com exibição programada para domingo (6/8), também circula pela internet.

Até o momento, nenhum capítulo da série mais popular da HBO foi disponibilizado. Mas os hackers ainda não tiveram tempo de processar todo o material e prometem vazar novidades, de um total de 1,5 terabytes de dados que eles roubaram do canal.

A HBO, por sua vez, não comentou que tipo de conteúdo foi roubado, como séries e produções específicas, ou a quantidade de dados atingidos. Em seu comunicado oficial, a emissora confirmou apenas que “recentemente experimentou um incidente cibernético, que resultou no compromisso de informações proprietárias”.

“Nós imediatamente começamos a investigar o incidente e estamos trabalhando com empresas de segurança pública e de segurança cibernética. A proteção de dados é uma prioridade máxima na HBO, e levamos a sério nossa responsabilidade de proteger os dados que possuímos”, completa o texto.

Essa não é a primeira vez que criminosos atacam os dados de grandes produtoras de conteúdo audiovisual. Em abril, um hacker invadiu o sistema da Netflix e vazou episódios da 5ª temporada de “Orange Is the New Black”.

Mas a maior vítima até o momento foi a Sony. Em 2014, em represália pela produção da comédia “A Entrevista”, hackers norte-coreanos roubaram 100 terabytes de dados do estúdio, que foram disponibilizados na internet, incluindo e-mails comprometedores de executivos. Após o vazamento, Amy Pascal acabou perdendo o cargo de presidente da Sony Pictures.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.