Channing Tatum se emociona com o primeiro trailer da série Comrade Detective

Channing Tatum se emociona com o primeiro trailer da série Comrade Detective

 

A Amazon divulgou o trailer de sua série pseudo-romena “Comrade Detective”. A prévia mostra o ator Channing Tatum recebendo uma fita de vídeo com um episódio raro de sua série policial romena favorita. As cenas da produção começam quando ele aperta o play num velho VCR, e o deixam chorando de emoção.

A ideia por trás de “Comrade Detective” é fazer de conta que se trata mesmo de uma série policial romena dos anos 1980. Até os intérpretes principais são romenos, interpretados por Florin Piersic Jr. e Corneliu Ulici (ambos vistos em “Conquistas Perigosas”). Mas a produção é (mal) dublada em inglês, como se fosse um antigo produto de exportação para o mercado americano, e tem as vozes do próprio Chaning Tatum (“Magic Mike”) e Joseph Gordon-Levitt (“A Travessia”).

Criada pelos roteiristas de “O Baba(ca)”, Brian Gatewood e Alex Tanaka, a trama trash acompanha os protagonistas atrás do assassino de um herói do povo, um atirador que usa uma máscara de Ronald Reagan. Por conta disso, os detetives vão até a Embaixada americana investigar a origem do mal, onde conferem a decadência do povo americano.

Vários outros astros famosos contribuirão na dublagem dos personagens secundários. Entre eles, Mahershala Ali (“Moonlight”), Chloë Sevigny (série “Bloodline”), Jake Johnson (série “The New Girl”), Jason Mantzoukas (série “Enlightened”), Nick Offerman (série “Parks and Recreation”), Fred Armisen (série “Unbreakable Kimmy Schmidt”), Kim Basinger (“Dois Caras Legais”), Jenny Slate (série “Married”), Tracy Letts (série “Homeland”), Bobby Cannavale (série Vinyl”), Richard Jenkins (“Kong: A Ilha da Caveira”), Debra Winger (série “The Ranch”), Mark Duplass (série “Togetherness”) e Jerrod Carmichael (série “The Carmichael Show”), entre outros.

Channing Tatum também é um dos muitos produtores do projeto, que estreia em 4 de agosto no serviço de streaming.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna