Séries estreantes Speechless e American Housewife são renovadas

 

A rede ABC renovou duas de suas séries estreantes de comédia: “Speechless” e “American Housewife”.

Ambas abordam famílias problemáticas encabeçadas por mulheres decididas e tem uma audiência bastante similar. “Speechless” fechou sua 1ª temporada com média de 5,4 milhões de telespectadores e “American Housewife” com 5,2 milhões. A diferença está na aprovação da crítica – e é gritante. “Speechless” tem 98% de aprovação no site Rotten Tomatoes, enquanto “American Housewife” é considerada medíocre, com 54% de tolerância.

Criada por Scott Silveri (criador de “Joey”, “Perfect Couples” e “Go On”), “Speachless” tem o diferencial de lidar com a família de um adolescente cadeirante.

A atração é estrelada por Minnie Driver (“Dou-lhes Um Ano”) como Maya, uma mãe apaixonada por seu marido e os três filhos pré-adolescentes, um deles com necessidades especiais. O elenco também inclui Cedric Yarbrough (“Meu Nome é Taylor, Drillbit Taylor”) como o cuidador do menino, cuja presença na trama evoca imediatamente o filme francês “Intocáveis” (2011).

Já “American Housewife” é uma criação de Sarah Dunn (roteirista da clássica “Spin City”) e gira em torno da mãe vivida por Katy Mixon (série “Mike & Molly”). Sua personagem é Katie, que também é mãe de três crianças complicadas e sofre com seu temperamento forte, enquanto tenta criar sua família normal de classe média em uma cidade rica, repleta de esposas perfeitas e filhos ideais.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna