Clipe de Taylor Swift e Zayn Malik para a trilha de Cinquenta Tons Mais Escuros é broxante

Clipe de Taylor Swift e Zayn Malik para a trilha de Cinquenta Tons Mais Escuros é broxante

 

O clipe do dueto de Taylor Swift e Zayn Malik, ex-One Direction, para a trilha do filme “Cinquenta Tons Mais Escuros”, ganhou lançamento oficial. Mas o que vinha gerando muita especulação e ansiedade acabou não sendo nada demais. O vídeo da música “I Don’t Wanna Live Forever” é pura sofrência.

Taylor e Zayn nem se tocam na produção. Só lamentam a dor de cotovelo e jogam coisas no chão. Não deixa de ser irônico que a cenografia do clipe, dirigido por Grant Singer (inúmeros clipes de The Weeknd), incluam um elevador, uma cama, uma máscara negra e um quarto de iluminação avermelhada, elementos vistos em outro contexto na franquia cinematográfica.

Broxante como marketing de filme erótico, o clipe até tenta sensualizar ao mostrar um pouco do sutiã e da meia de Taylor, mas o detalhe parece gratuito, já que absolutamente fora de contexto.

Musicalmente, “I Don’t Wanna Live Forever” tem uma pegada de soul pop romântico, que enfatiza o estilo boy band do cantor com um insistente corinho “ô-ô-ô” masculino de fundo. Vai tocar até enjoar.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna