Truman: Novo filme estrelado por Ricardo Darín é o grande vencedor do Goya 2016, o “Oscar espanhol”

Truman: Novo filme estrelado por Ricardo Darín é o grande vencedor do Goya 2016, o “Oscar espanhol”

 

O filme “Truman”, de Cesc Gay, foi o grande vencedor do prêmio Goya 2016, o Oscar espanhol. Indicado em seis categorias, o filme estralado pelo argentino Ricardo Darín (“Relatos Selvagens”) levou cinco prêmios: Melhor Filme, Diretor, Roteiro Original, Ator e Coadjuvante.

“Foi um trabalho formidável”, disse um emocionado Darín ao receber o prêmio, em sua terceira indicação ao Goya. Em seu discurso, ele ainda pediu apoio da política para a cultura. “Aos políticos, peço para que ajudem a cultura. É tudo que vocês precisam fazer”, declarou, sendo bastante aplaudido.

Equilibrando momentos dramáticos e cômicos, o filme de Cesc Gay (“O Que os Homens Falam”) conta a história de um ator argentino (Darín) instalado em Madri, que sofre de câncer em fase terminal. Durante quatro dias intensos dias, ele recebe a visita inesperada de um amigo (Javier Cámara, de “Os Amantes Passageiros”) procedente do Canadá, que o acompanha na difícil decisão de abandonar o tratamento e morrer. Mas antes, terá que encontrar um novo dono para Truman, seu cãozinho.

A premiação também premiou o longa argentino “O Clã”, de Pablo Trapero, como Melhor Filme Latino-Americano, e o francês “Cinco Graças”, de Deniz Gamze Ergüven, como Melhor Filme Europeu.

Vencedores do Prêmio Goya 2016

truman poster

Melhor filme
“Truman”, de Cesc Gay

Melhor direção
Cesc Gay, por “Truman”

Melhor filme latino-americano
“O Clã” (Argentina), de Pablo Trapero

Melhor filme europeu
“Cinco Graças” (França), de Deniz Gamze Ergüven

Melhor interpretação masculina
Ricardo Darín, por “Truman”

Melhor interpretação feminina
Natalia de Molina, por “Techo y Comida”

Melhor ator coadjuvante
Javier Cámara, por “Truman”

Mejor atriz coadjuvante
Luisa Gavasa por “La Novia”

Melhor ator revelação
Miguel Herrán, por “A Cambio de Nada”

Melhor atriz revelação
Irene Escolar por “Un Otoño sin Berlín”

Melhor canção original
“Palmeras en la Nieve”, de Lucas Vidal e Pablo Alborán

Melhor roteiro original
Cesc Gay e Tomàs Aragay, por “Truman”

Melhor roteiro adaptado
Fernando León de Aranoa, por “Um Dia Perfeito”

Goya de honra
Mariano Ozores

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna