Os Monkees planejam shows e disco em comemoração a seus 50 anos

Os Monkees planejam shows e disco em comemoração a seus 50 anos

 

A primeira banda criada pela televisão, The Monkees, vai celebrar seus 50 anos em 2016 com uma turnê e a gravação de um disco de músicas inéditas com produção de Adam Schlesinger, produtor musical da série “Crazy Ex-Girlfriend”. A informação é da revista americana Rolling Stone.

Concebida por ninguém menos que o cineasta Bob Rafelson (“Montanhas da Lua”) como a resposta americana para o sucesso dos Beatles, a banda foi reunida por meio de audições de diferentes músicos, que também precisavam demonstrar suas capacidades como atores para estrelarem a série que os tornou famosos. Lançada em setembro de 1966, a série “The Monkees” não demorou a virar febre e popularizar diversos hits cantados nos episódios. Mas os artistas sempre se incomodaram com o fato de serem vistos como fantoches e logo passaram a compôr suas próprias músicas e fazer shows para mostrar que sabiam tocar de verdade. O resultado foi o LP “Headquarters”, que estarreceu a crítica em 1967 por sua qualidade.

Diversas das gravações dos Monkees entraram nas paradas de sucesso, até que a Beatlemania foi substituída pela psicodelia no final dos anos 1960, levando ao cancelamento da série e ao lançamento do primeiro e único filme da banda, o viajante “Head” (1968), marco do movimento psicodélico, que no Brasil ganhou o título de “Os Monkees Estão de Volta”.

A banda perdeu Peter Tork em 1969, logo após o especial televisivo “33⅓ Revolutions per Monkee”, último programa dos Monkees, e Michael Nesmith no ano seguinte, mas Micky Dolenz e Davy Jones continuaram gravando e tocando juntos como The Monkees até 1971, quando o glam e o rock progressivo tornaram seu som ultrapassado.

Mas eles nunca perderam contato, sempre dispostos a colaborar em novos trabalhos individuais de algum dos amigos. Michael Nesmith acabou se envolvendo mais com cinema, escrevendo o roteiro de “O Cavaleiro do Tempo” (1982) e produzindo, entre outros, o cult “Repo Man – A Onda Punk” (1984), além de ter ficado milionário com a herança de sua mãe, a inventora do líquido corretivo branco, item obrigatório dos escritórios da era analógica. E, por isso, ficou de fora da primeira turnê de reencontro da banda, em comemoração aos 20 anos dos Monkees, em 1986.

O quarteto original só foi se reunir no aniversário de 30 anos, em 1996, época em que também gravaram um álbum de músicas inéditas. Eles não celebraram os 40 anos e Davy Jones faleceu em 2012. Mas não é apenas ele que faltará ao novo reencontro. Nesmith não participará da turnê, mas os primeiro disco da banda em 20 anos contará com uma música inédita de sua autoria.

Intitulado “Good Times!”, o disco será lançado em 10 de junho. E para confirmar o status da banda, entre os compositores do novo trabalho estão artistas bem mais novos que os idolatram, como Rivers Cuomo (Weezer), Noel Gallagher (Oasis), Ben Gibbard (Death Cab for Cutie), Andy Partridge (XTC) e Zach Schwartz (Rogue Wave). Cinquenta anos depois de serem subestimados por roqueiros e críticos “sérios”, os Monkees voltarão como ícones.

Veja Também
PLAYLIST: 20 CLIPES DOS MONKEES EM CELEBRAÇÃO AOS 50 ANOS DA BANDA

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna