Fear the Walking Dead: Veja os primeiros teasers da 2ª temporada

Fear the Walking Dead: Veja os primeiros teasers da 2ª temporada

 

O canal pago americano AMC divulgou os primeiros teasers da 2ª temporada de “Fear The Walking Dead”, passada no mesmo universo de “The Walking Dead”. As prévias destacam o sobrevoo de um avião sobre o mar e rastros numa praia.

A presença do avião num dos teasers não é casual. Trata-se de um esforço de sinergia do canal, que recentemente lançou a websérie “Fear the Walking Dead: Flight 462”, que acompanha um surto zumbi no interior de um voo comercial. A produção tem 16 episódios de curta duração, disponibilizados semanalmente – atualmente está na metade da “temporada” – e um sobrevivente de sua trama será incorporado ao elenco de “Fear the Walking Dead”.

O detalhe #fail é que, oficialmente, a websérie só pode ser acompanhada pelo público americano, já que o player do site da AMC bloqueia visitantes estrangeiros e o canal policia o YouTube para proibir que cópias sejam divulgadas. Total contrassenso de quem pretende usar a produção como ferramenta de marketing e ainda vincular sua trama com a série televisiva. Para contornar esse obstáculo, fãs brasileiros disponibilizaram versões “não oficiais” legendadas no portal de vídeos Daily Motion. Os próximos episódios devem ser exibidos nos intervalos de “The Walking Dead”, que retorna em 14 de fevereiro.

“Fear the Walking Dead”, que teve apenas seis episódios em sua temporada inaugural, voltará maior em seu segundo ano, com 15 capítulos, que começam a ser exibidos a partir de 10 de abril nos EUA. Entretanto, a temporada será dividida em duas partes, com os últimos oito episódios reservados para o segundo semestre, com exibição ainda sem data definida. O plano é intercalar o spin-off com a série principal, “The Walking Dead”, deixando o ano inteiro tomado por zumbis.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna