Amy Adams vai estrelar nova adaptação da autora de Garota Exemplar

 

A atriz Amy Adams (“Trapaça”) vai estrelar a adaptação do romance “Objetos Cortantes”, primeiro livro escrito por Gillian Flynn, que já teve dois best-sellers filmados, “Garota Exemplar” (2014) e “Lugares Escuros” (2015). O detalhe é que, desta vez, a adaptação será realizada para a televisão.

Quando o projeto foi anunciado em 2014, a intenção do estúdio Blumhouse era produzir uma série, mas desde então “Sharp Objects” (o título original) ganhou status cinematográfico, com a entrada do cineasta Jean-Marc Vallee (“Clube de Compras Dallas”) em sua produção. Vallee também vai assinar a direção do piloto/telefilme. Não está claro, a esta altura, qual será o formato da atração, que está sendo negociada com vários interessados em sua exibição.

Publicado em 2006, o livro acompanha uma jornalista (papel de Adams) que, depois de passar um tempo numa instituição psiquiátrica, precisa voltar à sua cidade natal para cobrir um caso de assassinato envolvendo duas meninas pré-adolescentes. Lá, a protagonista é forçada a conviver novamente com a sua mãe, uma mulher neurótica e hipocondríaca que ela mal conhece.

A adaptação está a cargo da roteirista-produtora Marti Noxon, veterana da série “Buffy – A Caça-Vampiros”, que também passou por “Mad Men” antes de emplacar uma das melhores surpresas do ano passado, a série “UnReal”.

Amy Adams, que iniciou sua carreira aparecendo em “Buffy”, “Charmed”, “That ’70s Show” e outras séries do ano 2000, não participava de uma produção televisiva há uma década, desde que levou um fora de Jim (John Krasinski) num episódio de “The Office” de 2006. Acumulando sucessos no cinema desde então, ela será vista a seguir em “Batman vs Superman – A Origem da Justiça”, que estreia em 24 de março no Brasil.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna