Preacher: Série de terror baseada nos quadrinhos da Vertigo ganha primeiro trailer

Preacher: Série de terror baseada nos quadrinhos da Vertigo ganha primeiro trailer

 

O canal pago americano AMC divulgou o pôster e o primeiro trailer de “Preacher”, adaptação dos quadrinhos homônimos da Vertigo (selo adulto da DC Comics). A prévia exibe algumas cenas aceleradas, entre elas os instantes que precedem a grande tragédia do piloto, enquanto o pastor do título discute violência com uma criança. O desfecho mostra o pastor na cadeia, encontrando Cassidy.

A série acompanha o que acontece depois da igreja do pastor Jesse Cutler ser fulminada por um raio (na verdade, uma entidade vinda dos céus), que extermina todos os fiéis e confere ao religioso poderes divinos. Determinado a descobrir o que aconteceu no Céu, ele se junta a um vampiro bêbado e uma ex-namorada pistoleira numa jornada que cruza o interior dos EUA em busca de Deus.

O ator Dominic Cooper (série “Agent Carter”) vive o protagonista, o papel do vampiro Cassidy foi parar nas mãos de Joseph Gilgun (série “Misfits”) e Tulip, que é loira nos quadrinhos, será vivida por Ruth Negga (série “Agents of SHIELD”). A produção também trará Ian Colletti (série “Rake”) no papel do polêmico Cara de Cu, que destruiu o rosto numa tentativa malfadada de suicídio, em homenagem a Kurt Cobain. Além deles, Lucy Griffiths (séries “True Blood” e “Constantine”) vai aparecer como uma nova personagem, criada especialmente para a TV, e Elizabeth Perkins (série “Weeds”) interpretará uma vilã, que nos quadrinhos é homem.

A série foi desenvolvida pelo roteirista Sam Catlin (série “Breaking Bad”) em parceria com a dupla Seth Rogen e Evan Goldberg (“É o Fim” e “A Entrevista”). Rogen e Goldberg também assinam o piloto, além de produzir junto com Catlin e Neal H. Moritz (franquia “Velozes & Furiosos”). Ainda não há previsão para a estreia na TV.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna