Diretor e roteirista falam de Amanhecer – Parte 2

Publicado em: 27 nov 2011 por Leonardo Vinicius Jorge

Como vampiros em busca de sangue, os milhões de fãs da “Saga Crepúsculo” já estão sedentos por informações sobre a Parte 2 de “Amanhecer”, filme que encerrará a história do romance sobrenatural criado pela escritora Stephenie Meyer. O diretor Bill Condon já adiantou que o final será “épico” e que haverá uma mudança de tom na segunda parte, porém as informações são escassas e mantidas em sigilo – ainda que seja incrivelmente fácil conhecer a conclusão por meio do livro, publicado em 2008.

Sabendo ou não previamente qual é o final, a marca de US$ 283,5 milhões arrecadados só no final de semana de estreia de “Amanhecer – Parte 1” mostra que o público está mesmo interessado em descobrir no cinema como vai acabar o romance entre o vampiro Edward (Robert Pattinson) e a humana Bella (Kristen Stewart). Mas a roteirista Melissa Rosenberg podem ter criado uma novidade para a parte final, incluindo um novo clã de vampiros que não existe nos livros e que pode afetar a história, mostrando que a saga ainda reserva algumas surpresas.

Quem deixou escapar a informação foi a atriz Janelle Froehlich, que interpreta a vampira Yvette e só aparece na Parte 2. “Stephenie Meyer e Melissa Rosenberg criaram o clã francês para dar um novo componente à história. Existe uma reviravolta e nós podemos ou não ser parte dela”, comentou Janelle durante a estreia de “Amanhecer”.

Mas o que todos estão ansiosos para conferir é a transformação de Bella em vampiro, após o traumático parto de Reneesme. Em entrevistas, Condon já comentou que o nascimento do bebê afetará os vampiros no mundo todo, o que dará um tom épico à conclusão. “Será um verdadeiro de encontro de vampiros de todo o mundo, então a conclusão terá uma espécie de apelo global”, disse o diretor.

Mais personagens significa mais falatório e ainda menos cenas de ação? Nada disso. A roteirista Melissa Rosenberg promete que o ritmo arrastado da primeira parte não se repetirá na conclusão. “A jornada do segundo filme é uma luta pela sobrevivência. Vamos quebrar tudo. Será ação do começo ao fim”, ela garante.

Além disso, como a “Saga Crepúsculo” sempre foi mostrada por meio da ótica de Bella, a Parte 2 finalmente permitirá ao público experimentar enxergar o mundo por meio dos olhos dos sugadores de sangue imaginados por Stephenie Meyer. “Bella agora é um vampiro e você vai sentir o que é isso, como é caçar, como é nunca dormir. E como é fazer sexo vampiro”, comentou Condon.

Por falar em sexo, a cena da noite de núpcias de Bella e Edward que pode ser conferida nos cinemas ainda vem causando burburinho, afinal elenco e produção afirmam que tiveram de reduzir muito a intensidade das imagens para que o filme fosse avaliado pelo MPAA (Motion Picture Association of America, órgão de censura americano) como PG-13, ou seja, permitido para maiores de 13 anos.

Kristen chegou a dizer que as cenas gravadas com o namorado Pattinson foram realmente mais calientes do que foi exibido nas salas. “Foi muito estranho, nem parecia que estávamos fazendo um filme ‘Crepúsculo’. Eu só pensava ‘Bella, o que você está fazendo? O que está acontecendo aqui?’ Foi muito surreal”, disse a atriz.

Mas os fãs ainda têm uma esperança de poder conferir a possível versão “para maiores” da cena de sexo com a chegada do DVD de “Amanhecer – Parte 1”, como espera a própria roteirista Melissa Rosenberg, que também lembrou que há diversas outras cenas do casamento que acabaram ficando de fora do corte final. “Elas devem aparecer algum dia”, instiga Melissa.

“A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2” chega aos cinemas no dia 16 de novembro de 2012.

67 comentários em “Diretor e roteirista falam de Amanhecer – Parte 2