Game of Thrones, The Crown e Three Girls vencem premiação televisiva britânica

Game of Thrones, The Crown e Three Girls vencem premiação televisiva britânica

 

A Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas, mais conhecida por sua sigla em inglês BAFTA, realizou neste domingo (22/4) o TV Craft Awards 2018, premiação destina às equipes técnicas e profissionais dos programas da TV britânica.

A série “Game of Thrones”, da HBO, recebeu um prêmio especial no evento, por sua excelência técnica, e ainda foi um dos principais vencedores da noite com outras duas conquistas – melhor figurino e design de produção.

“The Crown”, da Netflix, também foi agraciada com dois prêmios, destinados a sua fotografia e som. Outra produção da Netflix, “Black Mirror”, venceu a disputa de efeitos visuais com o episódio “Metalhead”, gravado em preto e branco.

Entre as produções da TV britânica, o maior destaque foi para “Three Girls”, minissérie da BBC sobre tráfico de mulheres, que premiou sua roteirista, Nicole Taylor, e sua diretora, Philippa Lowthrope.

Veja abaixo a lista completa de vencedores.

BAFTA TV Craft Awards 2018

Prêmio Especial
“Game of Thrones”

Roteirista de Comédia
Steve Pemberton e Reece Shearsmith, por “Inside No. 9”

Roteirista de Drama
Nicole Taylor, por “Three Girls”

Diretor em Programa Factual
Charlie Russell, por “Chris Packham: Asperger’s and Me”

Diretor em Programa de Ficção
Philippa Lowthrope, por “Three Girls”

Edição em Programa Factual
“Chris Packham: Asperger’s and Me”

Edição em Programa de Ficção
“Three Girls”

Melhor Figurino
“Game of Thrones”

Maquiagem e Cabelo
“Taboo”

Música Original
Jocelyn Pook, por “King Charles III”

Fotografia em Programa Factual
“Blue Planet II (One Ocean)”

Fotografia em Programa de Ficção
“The Crown”

Design de Produção
“Game of Thrones”

Som em Programa Factual
“Blue Planet II (Coral Reefs)”

Som em Programa de Ficção
“The Crown”

Efeitos Especiais
“Black Mirror: Metalhead Black”

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna