Diretor de Corra! vai produzir série sobre Lorena Bobbit, a mulher que decepou órgão do marido

Diretor de Corra! vai produzir série sobre Lorena Bobbit, a mulher que decepou órgão do marido

 

O cineasta Jordan Peele, vencedor do Oscar 2018 de Melhor Roteiro Original pelo filme “Corra!”, vai produzir uma série documental para a Amazon sobre a dona de casa americana Lorena Bobbit, que ganhou notoriedade em 1993, após amputar o pênis do marido com uma faca, enquanto ele dormia, deixá-lo sangrando na cama para pegar o carro, dirigir e jogar o órgão fora num descampado. O caso ganhou repercussão mundial.

Batizada apenas de “Lorena”, a série será dividida em quatro partes e contará com depoimentos da própria Lorena Bobbit. A direção está a cargo de Win Rosenfeld (da série documental “Nova ScienceNow”)

O filme deve examinar o que levou Lorena a tomar uma decisão tão radical. Na época, ela disse ter revidado um estupro e o acúmulo de diversas violências domésticas sofridas nas mãos do marido, John Wayne Bobbit.

Ele também ficou famoso. Após passar por uma cirurgia de reconstituição do pênis, até apareceu em filmes pornôs. Mas acabou preso por violência contra outras mulheres – uma stripper de Las Vegas e sua segunda esposa.

“Quando ouvimos o nome ‘Bobbitt’, imediatamente pensamos em um dos incidentes mais sensacionais que já foram transformados num espetáculo midiático. Com este projeto, Lorena tem agora a oportunidade de contar a sua verdade, em uma época em demandamos mais conversas críticas sobre a dinâmica de gêneros, abusos e pedidos por justiça. Esta é a história de Lorena e nós estamos honrados em poder ajudá-la a contar”, disse Jordan Peele em comunicado sobre o projeto.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.