Dinheiro de Stan Lee sumiu, seus funcionários foram demitidos e ele teria sido isolado dos amigos

Dinheiro de Stan Lee sumiu, seus funcionários foram demitidos e ele teria sido isolado dos amigos

 

Aos 95 anos de idade, Stan Lee estaria sendo vítima de golpistas e aproveitadores.

Em dezembro, o criador do universo Marvel registrou boletim de ocorrência na polícia preocupado com o sumiço de uma fortuna de sua conta. A investigação descobriu que um cheque de US$ 300 mil teria sido feito em nome da Hands of Respect LLC, empresa de merchandising constituída por ele e um sócio de sua filha, Jerry Olivarez. Outros US$ 850 mil teriam sido subtraídos da conta para comprar uma casa em um condomínio em West Hollywood, perto de onde o artista mora.

E não ficou nisso. Outros US$ 1,4 milhão evaporaram das contas de Lee em fevereiro.

A polícia continua investigando o que aconteceu.

Mas paralelamente, outros fatos estranhos tem isolado o artista das pessoas de seu círculo de confiança. Diversos funcionários de Lee, que enviuvou no ano passado – ele foi casado por 70 anos com Joan Lee, falecida em julho – , estariam sendo demitidos desde fevereiro, época do desaparecimento de seu dinheiro.

Um dia após Lee ser internado num hospital com taquicardia, seu guarda-costas e faz-tudo Max Anderson foi demitido, após 14 anos dedicados ao artista. De acordo com a polícia de Los Angeles, uma queixa foi prestada contra o funcionário, que teria atacado Lee e sua única filha, Joan Celia.

Além dele, também teriam sido demitidos a governanta da casa onde Lee mora, o jardineiro e o advogado do artista.

Lee teria sido isolado não apenas desses funcionários, mas também de contato externo.

O cineasta Kevin Smith expôs preocupação com o ídolo e amigo em seu Twitter: “Saudações, Generalíssimo @TheRealStanLee! Tenho tentado entrar em contato com você em todos os números que tenho seus, mas nenhum deles está funcionando. Depois do meu ataque cardíaco, você foi uma das primeiras pessoas que eu queria ver. Posso ir visitá-lo? Ou você quer vir participar do podcast esta semana?”

A mensagem foi postada na semana passada. Stan Lee ainda não respondeu.

Smith se disse aflito, especialmente após a demissão do guarda-costas, que ele comparou com o Jarvis de Tony Stark e o Alfred de Bruce Wayne. Vários artistas veteranos de quadrinhos também se manifestaram duvidando das acusações que levaram à demissão de Max Anderson, considerando que Stan Lee ficou sem ninguém a seu lado para defendê-lo de aproveitadores.

Uma reportagem do site Daily Beast examinou as finanças do criador do Homem de Ferro, Homem-Aranha, Pantera Negra e tantos outros personagens de franquias bilionárias, e revelou que suas contas bancárias estão em estado de calamidade.

“Eu acho que seu dinheiro desaparecerá em algumas semanas … Stan e [sua filha] JC estão literalmente sendo dilacerados por abutres”, disse uma fonte do site, que não quis se identificar.

Até o momento, a denúncia não gerou reação de Stan Lee ou de sua filha. O suspense só aumenta.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.