Jumanji passa Homem-Aranha e vira maior brilheteria mundial da Sony desde 2012

Jumanji passa Homem-Aranha e vira maior brilheteria mundial da Sony desde 2012

 

O fenômeno “Jumanji: Bem-Vindo à Selva”, líder das bilheterias da América do Norte até a semana passada, ultrapassou a arrecadação de “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” (US$ 334,2M doméstico e US$ 880,2M mundial) nos últimos três dias e virou a maior lançamento da Sony de 2017.

Em sua oitava semana em cartaz, o reboot do filme de 1995 já acumula US$ 365,6M nas bilheterias domésticas e atingiu US$ 881,7M em todo o mundo.

Apesar de ter chegado ao Brasil em janeiro, o filme foi originalmente lançado em 20 de dezembro nos Estados Unidos e por isso é considerada uma produção do ano passado.

Entretanto, em toda a lista de blockbusters da Sony, apenas dois outros filmes faturaram mais que o novo “Jumanji”. E um deles deve ser ultrapassado até o próximo fim de semana, tão pequena é a distância que os separa.

“Homem-Aranha 3” (2007) tem a 2ª maior arrecadação da Sony, com US$ 890,9M – apenas US$ 9,2M à frente de “Jumanji”.

Já o campeão do estúdio é “007 – Operação Skyfall”, uma coprodução com a MGM lançada em 2012, com US$ 1,1 bilhão de faturamento mundial.

Ou seja, “Jumanji” não é só o maior lançamento da Sony de 2017: também é o maior sucesso desde 2012 e a terceira maior bilheteria do estúdio em todos os tempos.

Não é à toa que já existe uma encomenda de continuação desta comédia fantasiosa.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna