Diretor de Paddington negocia filmar prólogo de A Fantástica Fábrica de Chocolate

Diretor de Paddington negocia filmar prólogo de A Fantástica Fábrica de Chocolate

 

A Warner está negociando com o diretor Paul King, responsável pelos dois filmes do ursinho falante Paddington, para assumir o longa-metragem de Willy Wonka, personagem do clássico infantil “A Fantástica Fábrica de Chocolate”.

A produção será uma história de origem, que contará a juventude do personagem – vivido por Gene Wilder no filme de 1971 e Johnny Depp no remake de 2005 – , antes dele se tornar o excêntrico dono da fantástica fábrica de chocolate.

“É um desafio, porque não há um livro sobre isso. Acho que há muitas coisas no personagem que sugerem sua origem e como foi sua infância. Estamos discutindo isso ainda, mas todos estão animados”, disse o produtor David Heyman em novembro passado.

A Warner Bros adquiriu os direitos para desenvolver uma franquia e colocou Heyman, que produziu os filmes de “Harry Potter” e também os dois “Paddington”, à frente do projeto.

Heyman, porém, não comentou a possibilidade de Charlie, o garotinho que encontrou o bilhete dourado, fazer uma aparição na história. Vale lembrar que se o escritor Roald Dahl não fez outros livros sobre Willy Wonka, ele publicou uma segunda história com o menino, “Charlie e o Grande Elevador de Vidro”, em 1972.

O roteiro foi escrito por Simon Rich (“Divertida Mente”) e ainda não há data de estreia prevista.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna