Sindicato dos Diretores dos EUA inclui apenas uma mulher entre indicados a seu prêmio de cinema

Sindicato dos Diretores dos EUA inclui apenas uma mulher entre indicados a seu prêmio de cinema

 

O Sindicato dos Diretores dos Estados Unidos complementou nesta quinta-feira (11/1) a relação dos indicados a seu prêmio anual, revelando os dez candidatos ao DGA Awards de Melhor Diretor e Melhor Diretor Estreante.

Na lista abaixo, o destaque fica por conta de Jordan Peele, que concorre em ambas as categorias com o elogiado “Corra!”. Mas, curiosamente, Greta Gerwig, que também é estreante, só concorre na categoria principal. Anteriormente, ela dividiu a direção de um filme indie de pequena distribuição, “Nights and Weekends” (2008), com Joe Swanberg, mas “Lady Bird” é definitivamente seu primeiro trabalho solo como diretora.

A presença de Greta Gerwig também significa uma representatividade de 1% para mulheres cineastas no clube masculino do Sindicato dos Diretores de Hollywood. Entre as 10 indicações nas duas categorias, ela é a única presença feminina.

Os indicados aos troféus televisivos e de documentários foram adiantadas na quarta (10/1) e podem ser conferidos aqui.

Todos os vencedores serão conhecidos no dia 3 de fevereiro.

INDICADOS AO DG AWARDS 2018: CINEMA

MELHOR DIRETOR
Guillermo del Toro – “A Forma da Água”
Greta Gerwig – “Lady Bird”
Martin McDonagh – “Três Anúncios para um Crime”
Christopher Nolan – “Dunkirk”
Jordan Peele – “Corra!”

Melhor DIRETOR ESTREANTE
Geremy Jasper – “Patti Cake$”
William Oldroyd – “Lady Macbeth”
Jordan Peele – “Corra!”
Taylor Sheridan – “Terra Selvagem”
Aaron Sorkin – “A Grande Jogada”

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna