Clipe de nova parceria entre Anitta e J. Balvin é superprodução inspirada em Mad Max

Clipe de nova parceria entre Anitta e J. Balvin é superprodução inspirada em Mad Max

 

O cantor colombiano J. Balvin divulgou na madrugada de sexta (19/1) seu novo clipe, “Machika”, que marca sua terceira parceria com a brasileira Anitta. E em poucas horas o vídeo estourou recordes, tornando-se o mais visto da semana no YouTube, com cerca de 7 milhões de visualizações.

Gravado em Medellin, na Colômbia, o clipe dirigido por Harold Jiménez expressa um clima pós-apocalíptico e inspiração assumida em “Mad Max: Estrada da Fúria”, com cenas num deserto árido, figurantes de visual estilizado, motos em disparada, um carro-alegórico repleto de auto-falantes e um guitarrista que lança chamas pelo instrumento. É uma superprodução, que ainda traz Anitta como líder de uma tribo da floresta, surgindo em cena como musa do empoderamento: “No topo sem escadas/ A sensação da favela/ Eu saí para romper fronteiras/ As mulheres como eu não se limitam”, ela canta em espanhol.

Mais pulsante que as parcerias anteriores – a dançante “Ginza” e a romântica “Downtown” – , “Machika” é toda cantada em espanhol e tem ainda participação do caribenho Jeon, num clima multinacional, expresso na coleção de bandeiras que tremulam durante o vídeo. Por outro lado, uma rápida inclusão de jogadores de futebol sugere que as bandeiras podem, na verdade, referenciar a Copa do Mundo de 2018, mas a citação quase se perde em meio ao excesso de elementos da produção.

A obra teve até direito a cartaz cinematográfico. Confira abaixo.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna