Daniel Radcliffe comenta participação polêmica de Johnny Depp em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald

Daniel Radcliffe comenta participação polêmica de Johnny Depp em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald

 

Até hoje lembrado como o intérprete de “Harry Potter”, Daniel Radcliffe finalmente se manifestou sobre a controvérsia em torno da escalação de Johnny Depp no ​​filme “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”, spin-off da franquia que ele estrelou.

Durante sua participação no evento de imprensa semestral da TCA (Television Critics Association), Radcliffe foi questionado pela revista Entertainment Weekly sobre o que achava de a franquia contratar um ator acusado de agressão por sua ex-esposa, Amber Heard. A roteirista do filme, JK Rowling, que também criou “Harry Potter”, e o diretor David Yates, que também trabalhou nos filmes de “Harry Potter”, estão à frente do spin-off e defenderam a participação de Depp.

“É muito difícil para mim”, disse Radcliffe, destacando que sempre apoiará os produtores do filme, que “me deram um excelente começo na vida e um trabalho incrível”. Mas acrescentou: “Posso ver por que as pessoas estão frustradas. Não vou dizer nada que já não tenha sido dito, mas a analogia é que, na NFL (liga de futebol americano), há muitos jogadores presos por fumar maconha e outros com comportamento muito pior que são tolerados por serem muito famosos. O que me deixa impressionado é que tínhamos um cara que foi demitido por causa de maconha nos filme de ‘Potter’ e, obviamente, Johnny é acusado de algo muito maior do que isso”.

Radcliffe refere-se ao ator Jamie Waylett, que interpretou o valentão de Hogwarts, Vincent Crabbe. Depois de aparecer em seis filmes de ‘Harry Potter’, Waylett foi retirado das duas partes de “Relíquias da Morte”, após ser preso por cultivar 10 plantas de maconha em 2009. O ator era pouco conhecido quando foi excluído da franquia e – ao contrário de Depp – foi preso e se declarou culpado de cultivar maconha na casa de sua mãe.

Já Depp foi acusado de agressão pela atriz Amber Heard e proibido de voltar para casa pela justiça. Durante o processo tumultuado de divórcio, a atriz apareceu com o rosto machucado e sendo ameaçada, num vídeo, pelo ator bêbado e agressivo, o que acelerou o processo de separação. Para deixar claro que não estava atrás de dinheiro, Heard doou tudo o que obteve no divórcio para causas de defesa da mulher e para um hospital infantil. Desde então, fez muitas insinuações sobre ter sido vítima de violência doméstica.

Daniel Radcliffe participou do evento da TCA para promover seu novo trabalho televisivo. Ele vai estrelar a série “Miracle Workers”, uma comédia sobre burocratas do céu, em que encarnará o anjo responsável por ouvir e anotar todos os pedidos da Terra, ainda sem estreia definida.

Já “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” tem estreia marcada para novembro de 2018, e os planos da Warner preveem a produção de mais três continuações.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.