Shooter é renovada para a 3ª temporada

Shooter é renovada para a 3ª temporada

 

O canal pago americano USA Network renovou a série “Shooter”, inspirada no filme “O Atirador” (2007), para sua 3ª temporada. A atração conseguiu manter a maior parte do público original em sua 2ª temporada – caiu de 1,4 milhão para 1,2 em média – , que mesmo assim acabou interrompida abruptamente, com apenas oito episódios.

A decisão de encurtar a produção foi tomada após o ator Ryan Phillippe quebrar a perna durante uma folga das gravações, em 16 de julho. Ele precisou passar por um procedimento cirúrgico devido à gravidade do acidente e precisou ficar imobilizado, o que impediu seu retorno ao set para finalizar a temporada.

O ator usou o Twitter para informar seus seguidores de que tinha sofrido um acidente bizarro enquanto passeava com sua família, mas não deu maiores detalhes, apenas que sua “perna foi gravemente quebrada e necessitou cirurgia”.

Por coincidência, ele foi acusado por uma ex-namorada de agressão física no mesmo período. Elsie Hewitt afirmou que o ator estava extremamente bêbado e a agrediu em 3 de julho quando ela foi buscar alguns pertences na casa dele. Segundo a modelo afirmou ao jornal Daily Mail, o ator a teria deixado com muitos hematomas, machucados e fortes dores no peito, ao jogá-la escada abaixo. Ela foi à polícia.

Aparentemente, o canal USA não achou esta denúncia relevante e “Shooter” voltará com ainda mais episódios em sua 3ª temporada. Serão 13 no total, três a mais que o previsto na temporada anterior, para compensar o encerramento precoce.

A série tem a mesma premissa do filme homônimo estrelado por Mark Wahlberg em 2007. Na trama, o atirador de elite Bob Lee Swagger é contratado como consultor de segurança de uma agência federal, apenas para ser implicado no assassinato de um político e se tornar caçado pelo FBI, enquanto tenta provar sua inocência – um resumo que é basicamente o mesmo da temporada inaugural de “Quantico” e que, em seus aspectos mais genéricos, sempre volta à TV desde “O Fugitivo” nos anos 1960. Na 2ª temporada, após ser exonerado da conspiração, ele se torna alvo dos autores do atentado original, que querem vingança após seus planos serem expostos.

Além de Ryan Phillippe (série “Secrets and Lies”), o elenco ainda inclui Cynthia Addai-Robinson (a Amanda Waller da série “Arrow”), Omar Epps (série “House”), Shantel VanSanten (a Patty Spivot da série “The Flash”) e Eddie McClintock (série “Warehouse 13”).

A adaptação foi desenvolvida por John Hlavin (roteirista de “Anjos da Noite: O Despertar”) e é coproduzida pelo astro do filme, Mark Wahlberg, e o astro da série, Ryan Phillippe.

Ainda não há previsão para a estreia da 3ª temporada.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna