Netflix cancela Haters Back Off! após 2ª temporada

Netflix cancela Haters Back Off! após 2ª temporada

 

A Netflix cancelou a série de comédia “Haters Back Off!” após sua 2ª temporada. Embora a plataforma não divulgue números de audiência, a série tinha mais haters que fãs entre os críticos americanos, com apenas 47% de aprovação no site Rotten Tomatoes.

A atração acompanhava a vida de Miranda Sings, uma jovem sem talento algum, mas cheia de vontade de conquistar a fama com vídeos no YouTube.

A personagem foi criada pela atriz e cantora Colleen Ballinger em 2008 para um canal no YouTube – com 7 milhões de inscritos. Ela canta (mal), dança (pior ainda), dá opiniões sobre os mais diversos assuntos (sem entender nada) e “encanta” a todos com seu inconfundível batom vermelho, usado de forma exagerada.

A série mostrava a vida em família de Sings, com participações de sua mãe hipocondríaca (Angela Kinsey, da série “The Office”), seu tio (Steve Little, da série “Eastbound and Down”), que está decidido a fazer da sobrinha uma estrela da internet, e a irmã mais nova (Francesca Reale, vista em “Blue Bloods”), que tenta sobreviver à insanidade dos parentes. Para completar, Miranda tem um vizinho (Erik Stocklin, da série “Stalker”) que a ama de verdade e a quem ela usa sem piedade.

A decisão de cancelar “Haters Back Off!” foi tomada 40 dias após a estreia da 2ª temporada e três meses após o cancelamento de “Gypsy”, mostrando que a Netflix tem diminuído sua taxa de tolerância. Isto é reflexo de um discurso do CEO Reed Hastings, que disse publicamente que a plataforma de conteúdo não estava cancelando séries suficientes.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna