George Clooney revela que virou bilionário e não precisa mais atuar

George Clooney revela que virou bilionário e não precisa mais atuar

 

O novo filme dirigido por George Clooney, “Suburbicon”, é um grande fracasso de público e crítica nos Estados Unidos. Mas ele nem se abala. Em entrevista ao jornal The Sunday Times, ele revelou que está rico e não precisa mais se preocupar em “pagar o aluguel”.

“Atuar era a minha forma de pagar o meu aluguel, mas eu vendi a minha empresa de tequila por US$ 1 bilhão, então não preciso mais de dinheiro”, afirmou.

“Olha, eu trabalhei durante muito tempo, hoje tenho 56 anos e não sou mais o cara que fica com a garota no final do filme”, disse o ator. “Eu tenho dinheiro, então posso lutar por filmes que eu quero fazer. Se você observar o que fiz nos últimos anos, são filmes que não existiriam se eu não estivesse envolvido”.

“Ninguém iria fazer ‘Boa Noite e Boa Sorte’, ‘Conduta de Risco’ ou ‘Amor Sem Escalas’, eu lutei para que eles saíssem. [Brad] Pitt faz muito isso também e é um bom uso para uma celebridade. Eu faço dinheiro de outra forma se precisar. Eu costumava fazer comerciais de café”, brincou Clooney.

O último filme em que ele trabalhou como ator foi lançado no ano passado: “Jogo do Dinheiro”, dirigido pela amiga Jodie Foster e coprotagonizado por outra parceira de longa data, Julia Roberts.

George Clooney não tem nenhum outro projeto confirmado após “Suburbicon”, que ganhou o longo e desnecessário subtítulo de “Bem-vindos ao Paraíso” para o lançamento no Brasil, marcado para o dia 21 de dezembro.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.