Ed Westwick está sendo investigado pela polícia após acusação de estupro

Ed Westwick está sendo investigado pela polícia após acusação de estupro

 

O ator Ed Westwick, que interpretou Chuck Bass em “Gossip Girl”, está sendo investigado pela polícia após ser acusação de estupro acusado de estupro pela atriz Kristina Cohen (série “Ladies Like Us”). O ator negou a acusação dizendo que não conhece a atriz.

Em fevereiro deste ano, Westwick esteve no Brasil para curtir um evento pré-Carnaval em São Paulo e, em julho, para prestigiar um evento de grife de moda no Rio. Ele trabalha atualmente na série britânica “White Gold”.

Segundo a imprensa americana, o Departamento de Polícia de Los Angeles já iniciou a investigação e está ouvindo pessoas ligadas ao caso. O site Deadline confirmou com o ator Blaise Godbe Lipman (série “Weeds”), amigo de Cohen, que ela lhe contou o que tinha acontecido no dia seguinte ao suposto estupro, em fevereiro de 2014. A irmã de Cohen, Katalina Colgate, também afirmou que soube do caso logo após ter acontecido. Ambos também revelaram o nome do produtor que a atriz namorava na época e que a levou à casa de Westwick: o australiano Kaine Harling (“Sugar Mountain”).

A denúncia foi publicada na madrugada de segunda-feira (6/11), no perfil da atriz no Facebook. “O último mês tem sido incrivelmente difícil. Assim como muitas outras mulheres, eu também tenho uma história de assédio”, ela escreveu. “Eu fui estuprada há três anos. Foi um período obscuro na minha vida. Minha mãe estava morrendo por causa de um câncer e eu não tinha tempo e condições de processar o que aconteceu comigo. Eu enterrei a minha dor e culpa para receber a devastação que veio com a morte da minha mãe, três meses depois”.

Cohen diz que decidiu falar sobre o caso após ver a série de denúncias de abuso sexual no último mês em Hollywood. O produtor Harvey Weinstein, o cineasta James Toback e ator Kevin Spacey foram alguns dos acusados.

“Eu namorei um produtor que era amigo do ator Ed Westick. Foi esse produtor que me levou na casa de Ed, quando eu o conheci pela primeira vez. Quando ele sugeriu que ‘todos nós deveríamos fazer sexo’ eu quis ir embora. Mas o produtor não queria deixar Ed desconfortável e sair. Ed insistiu que ficássemos para o jantar. Eu disse que estava cansada e que queria ir embora, tentando sair dessa situação desconfortável. Ed sugeriu que eu cochilasse no quarto de hóspedes. O produtor disse que ficaríamos mais 20 minutos e poderíamos ir embora. Eu fui para o quarto, deitei e acabei dormindo. Eu fui acordada abruptamente com Ed em cima de mim, com seus dedos dentro do meu corpo. Eu pedi para ele parar, mas ele era muito forte. Eu lutei o quanto eu pude, mas ele pegou meu rosto, me sacudiu, dizendo que queria fazer sexo comigo. Eu fiquei paralisada, aterrorizada. Eu não podia me mover. Ele me segurou e me estuprou”, escreveu Kristina.

No dia seguinte à publicação, Ed Westwick também usou as redes sociais para negar tudo e dizer que nem conhecia a atriz. Isto fez com que Cohen decidisse fazer uma queixa formal na polícia, dando início à investigação criminal.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.