Criadores de American Gods abandonam a série

Criadores de American Gods abandonam a série

 

Os criadores da série “American Gods”, Bryan Fuller e Michael Green, abandonaram a produção da 2ª temporada, depois de um impasse com a produtora FremantleMedia.

Segundo a revista Variety, a dupla estava exigindo um orçamento maior para a 2ª temporada do programa (que já estaria perto de US$ 10 milhões por episódio). Além da disputa sobre orçamento, os showrunners queriam seguir um rumo diferente com a série do que a produtora tinha em mente.

Como as partes não chegaram um acordo, os dois deixaram “American Gods”, preocupando os fãs da adaptação da obra de Neil Gaiman em relação aos rumos e a qualidade da produção.

Relatos indicam que os dois deixaram a maioria dos roteiros prontos, mas eles não teriam sido integralmente aprovados em razão dos custos. O conflito de bastidores também explica porque a produção ainda não começou a gravar sua 2ª temporada.

Bryan Fuller chegou a abandonar seu emprego dos sonhos, como showrunner de “Star Trek: Discovery”, após ser um trekker por anos, para se dedicar a “American Gods”. Ele agora vai concentrar seus esforços na adaptação de “Amazing Stories”, recriação da série dos anos 1980 de Steven Spielberg, que está em desenvolvimento na Apple.

Já Michael Green continuará focado no cinema, desenvolvendo as continuações/spin-offs de dois de seus sucessos deste ano: “Logan” e “Assassinato no Expresso do Oriente”. O roteirista também escreveu os recentes “Blade Runner 2049” e “Alien: Covenant”.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.