Atriz transgênero de Transparent acusa Jeffrey Tambor de abuso sexual

Atriz transgênero de Transparent acusa Jeffrey Tambor de abuso sexual

 

Uma segunda pessoa denunciou o astro de “Transparent”, Jeffrey Tambor, por abuso sexual. A acusadora é a atriz transgênero Trace Lysette, colega de elenco de Tambor na série da Amazon. Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, a intérprete da personagem Shea alegou que o ator teria se portado de maneira inapropriada no set de gravações do programa.

“Ele apareceu e falou para mim: ‘Meu Deus, Trace. Quero te atacar sexualmente”, explicou ela. O ator, então, teria colocado seus pés sobre os dela, impossibilitanto os movimentos da moça. “Ele se inclinou em cima de mim, foi muito rápido, ele se atirou de um lado para o outro contra o meu corpo. Senti seu pênis no meu quadril”, disse a atriz.

Trace também descreveu outras situações desconfortáveis. Entre elas um episódio em que Tambor teria tentado beijá-la sem sua permissão.

Enquanto atuou em “Transparent”, Trace dividiu a casa com a assistente de produção Van Barnes. As duas são transgênero e ambas foram assediadas por Tambor. Na época em que trabalhava na série, Barnes entrou em um acordo com Tambor para não discutir sobre o caso. Trace, no entanto, abriu o jogo pela amiga.

“Ela chegava em casa destruída e estressada. Vi que ela a botava para baixo. Na maioria das vezes, ela guardava esse sentimento para si mesma”, explicou a atriz, que levou ambos os casos para os produtores de “Transparent”, mas nada foi feito.

As alegações de Van Barnes foram as primeiras a vir à tona, numa publicação compartilhada apenas para um pequeno grupo em seu Facebook, no começo do mês. Na ocasião, Tambor buscou restringir a denúncia à qualificação de ex-funcionária desgostosa. “Estou a par de que uma contrariada ex-assistente fez uma publicação privada insinuando que eu tinha atuado de modo inadequado com ela”, disse o ator como resposta. “Rejeito e nego de maneira contundente e veemente qualquer insinuação ou acusação de que eu tenha mantido alguma vez algum tipo de comportamento inadequado com esta pessoa ou com qualquer outra com quem tenha trabalhado. Estou consternado e angustiado por esta acusação infundada”, ele se manifestou.

A criadora da série, Jill Soloway, também divulgou uma nota após o surgimento das acusações. “Tudo o que diminui o nível de respeito, segurança e inclusão tão fundamental para o nosso ambiente de trabalho é completamente antitético aos nossos princípios”, ela afirmou. “Estamos cooperando com a investigação sobre este assunto”.

Um representante da Amazon afirmou que os casos estão sendo apurados e serão discutidos em uma conversa com a equipe do programa.

Tambor venceu dois prêmios Emmy de Melhor Ator de Série de Comédia por “Transparent”, em que interpreta um transexual novato da Terceira Idade, cuja transição de gênero pega a família de surpresa.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.