Ator de Glee se declara culpado de possuir pornografia infantil para diminuir pena de prisão

Ator de Glee se declara culpado de possuir pornografia infantil para diminuir pena de prisão

 

O ator Mark Salling, que interpretou Puck na série musical “Glee”, se declarou culpado por posse de pornografia infantil. Segundo o site Deadline, o ator de 35 anos fez um acordo e concordou com uma pena de quatro a sete anos de prisão. Ele também será registrado como criminoso sexual e não poderá ter contato com qualquer pessoa com menos de 18 anos.

Salling afirmou que se declararia culpado “porque eu sou culpado das acusações”. Com isso, ele escapa de uma sentença mais dura, que poderia deixá-lo 20 anos de prisão, além de passar o resto da vida sob supervisão da Justiça.

“O acusado conscientemente possuía materiais os quais sabia conterem imagens de menores de idade em condutas sexuais explícitas”, afirma o documento do acordo assinado pelo ator.

O acordo ainda tem que ser aprovado pelo juiz do caso.

Salling foi acusado de baixar e ter em sua posse material com pornografia infantil em seu laptop e num flash drive. Ele chegou a ser preso em dezembro de 2015, depois que sua residência foi revistada pela Força-Tarefa contra Crimes contra Crianças da Polícia de Los Angeles.

Em maio de 2016, ele foi iniciado pelo crime de possuir pornografia infantil.

Apesar da gravidade, não foi a primeira vez que Salling se envolveu em polêmicas sexuais. Em março de 2013, ele fez um acordo de US$ 2,7 milhões com sua ex-namorada, Roxanne Forzela, num processo em que ela o acusava de agressão sexual, por forçá-la a transar sem camisinha. À época, Salling admitiu que havia jogado a garota no chão após uma briga.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.