Canal Sony vai exibir as novas séries da Marvel: Inumanos, Fugitivos, Manto e Adaga e Novos Guerreiros

Canal Sony vai exibir as novas séries da Marvel: Inumanos, Fugitivos, Manto e Adaga e Novos Guerreiros

 

As novas séries da Marvel sobre os quadrinhos dos Inumanos, Fugitivos, Manto e Adaga e Novos Guerreiros serão exibidas no Brasil pelo canal pago Sony. Das quatro, duas ainda não tem previsão de estreia nem nos Estados Unidos.

“Inhumans” chega ao canal no dia 14 de novembro, uma terça-feira, às 21h, com a exibição de três episódios seguidos. As demais ainda não tiveram estreia marcada.

Para azar da Sony, a atração baseada nos Inumanos rendeu o pior público e a pior avaliação da crítica dentre todas as séries novas da atual temporada nos Estados Unidos, e já há rumores de que a produção teria sido cancelada. Com oito episódios, a série é baseada em personagens criados por Stan Lee e Jack Kirby nos anos 1960, acompanhando a luta pelo poder entre os integrantes da família real de uma raça avançada e poderosa, que abandona sua reclusão na lua em busca de refúgio e conquistas na Terra.

As referências são bem melhores em relação a “Runaways”. Desenvolvida para a plataforma de streaming Hulu, a série foi bastante elogiada pelos primeiros críticos que tiveram acesso a seu piloto. A trama dos quadrinhos de Brian K. Vaughan (responsável pela série “Under the Dome”) acompanha seis adolescentes que descobrem que seus pais são, na verdade, membros de uma sociedade secreta de supervilões, conhecida como Orgulho. Perturbados com a descoberta, eles fogem de casa e decidem usar seus poderes para impedir os planos malignos de suas famílias. A série estreia nos Estados Unidos em 21 de novembro.

Tanto “Cloak and Dagger” quanto “New Warriors” estão sendo produzidas para o canal Freeform, de público bem mais juvenil. A primeira gira em torno de Tyrone “Ty” Johnson, o Manto (Cloak, em inglês), e Tandy Bowen, a Adaga (Dagger). Nos quadrinhos originais, os dois jovens, após fugirem de casa, são capturados por traficantes e viram cobaias na experiência de uma nova droga, desenvolvendo superpoderes – sim, Luc Besson tirou a ideia de “Lucy” dos quadrinhos criados por Bill Mantlo e Ed Hannigan em 1982. Já na segunda atração, a Marvel deixou de fora os membros mais poderosos dos Novos Guerreiros, como Namorita, para focalizar alguns dos personagens menos heroicos dos quadrinhos, como a Garota Esquilo. Segundo a sinopse, a equipe é composta por jovens com superpoderes que querem fazer a diferença no mundo, apesar de nem sempre estarem prontos para isso. Ambas estreiam em 2018 nos Estados Unidos.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.