Última temporada de Game of Thrones pode ser exibida apenas em 2019

Última temporada de Game of Thrones pode ser exibida apenas em 2019

 

A HBO ainda não bateu o martelo, mas a possibilidade de a 8ª temporada de “Game of Thrones” estrear só em 2019 está se consolidando – e dando pesadelos nos fãs da série.

O último ano da série terá apenas seis episódios, mas eles serão mais longos que o usual e começarão a ser gravados mais tarde que o habitual. Segundo o ator Nikolaj Coster-Waldau, intérprete de Jaime Lannister, a produção começa em outubro. Mas esta será apenas a primeira etapa.

Com o aumento de cenas em meio à neve, refletindo a chegada do inverno na trama, as dificuldades serão ainda maiores. Isto significa mais cenas na Islândia, na Irlanda do Norte, na Croácia e na Espanha, onde estão os principais cenários naturais da série, mas no período de inverno, que começa em dezembro, além de uma longa fase de pós-produção para a inclusão de efeitos especiais, cada vez mais complexos e que demandam cada vez mais tempo.

“Nossa equipe de produção está tentando montar um cronograma para definir quanto tempo levaremos para as gravações e os efeitos especiais. As filmagens já são complicadas o suficiente — acontecem em diferentes continentes, com todos os aspectos técnicos — e os efeitos especiais precisam de todo um período de produção. É um grande fator”, explicou o presidente de programação da HBO, Casey Bloys, em entrevista à revista The Hollywood Reporter.

A 7ª temporada, encerrada no domingo (28/8) com recorde de audiência, também estreou com atraso. Em seus primeiros anos, “Game of Thrones” ia ao ar a partir de abril, mas em 2017 só começou a ser exibida em julho, três meses depois do usual.

O hábito de promover hiatos maiores entre as temporadas não é novidade na HBO. A 2ª temporada de “Westworld” também será exibida com quase dois anos de atraso. O mesmo espaço de tempo que o público esperou pelo 6º e último ano de “The Sopranos”, em 2006.

“Como as séries ficam maiores e mais complicadas, eu tenho que seguir os comandos dos produtores e desapegar do ‘é bom ter uma temporada todo ano'”, argumentou Bloys. “Eles têm que fazer a melhor série que eles puderem fazer. Com séries maiores como “Game of thrones” e “Westworld”, se você quer um grande espetáculo e uma grande extensão, vai levar mais um tempo”.

Ou seja, tudo indica que “Game of Thrones” só voltará à TV em 2019 mesmo.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.