The Flash vai introduzir o Homem-Elástico e já definiu seu intérprete

 

A série “The Flash” vai introduzir mais um super-herói icônico da DC Comics. A 4ª temporada da atração apresentará Randolph “Ralf” Dibny, o Homem-Elástico, que será vivido por Hartley Sawyer (série “Glory Daze”).

A decisão de incluir o Homem-Elástico na série é uma das melhores surpresas dos produtores para o próximo ano da atração. Afinal, Ralf é um dos aliados mais antigos de Barry Allen nos quadrinhos, tendo inclusive feito sua estreia numa história do Velocista Escarlate em 1960, criado por John Broome e Carmine Infantino, com grande input do editor Julius Schwartz, que queria um novo personagem coadjuvante para o Flash. Eventualmente, ele também entrou na Liga da Justiça.

Ao longo dos anos, Ralf fez fortuna no showbusiness e casou com a namorada Sue Dearbon, formando um dos casais mais bacanas dos quadrinhos. Uma das características de suas histórias individuais é que Ralf e Sue investigavam pistas e mistérios ao estilo dos antigos romances de detetives, conseguindo resolver mais crimes dessa forma que o próprio Batman. Até tudo ruir na minissérie “Crise de Identidade” em 2004, quando Sue foi assassinada por Jean Loring, a esposa de Ray Palmer (o Elektron), levando o herói divertido a se tornar sombrio. Obcecado em trazer Sue de volta à vida, ele fez todo tipo de pactos sobrenaturais, mas só conseguiu reencontrá-la com sua própria morte no crossover “52”.

“The Flash” deve mostrar o Ralph Dibny divertido das primeiras aventuras do herói.

Os produtores ainda não informaram em qual episódio o Homem-Elástico vai estrear, mas o personagem vai se tornar recorrente – ou seja, aparecerá mais de uma vez.

A 4ª temporada de “The Flash” começa a ser exibida em 10 de outubro nos Estados Unidos. A série faz parte da programação do canal pago Warner no Brasil.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna