Kathy Bates é maconheira profissional no trailer legendado da série Disjointed

Kathy Bates é maconheira profissional no trailer legendado da série Disjointed

 

A Netflix divulgou 11 fotos e o trailer de “Disjointed”, nova série de comédia do produtor Chuck Lorre, que criou os sucessos “The Big Bang Theory”, “Two and a Half Men” e “Mom”. Como se poderia esperar, trata-se de uma produção politicamente incorreta, que se aproveita do fato de não ser exibida em rede de TV para inserir os palavrões que “Two and a Half Men” apenas sugeria. Além, claro, de fazer apologia à maconha.

A série gira em torno da personagem da atriz Kathy Bates (série “American Horror Story”), uma advogada meio hippie que lutou a vida inteira pela legalização da maconha, e que agora finalmente vive seu sonho como proprietária de um dispensário legalizado da droga em Los Angeles.

Descrita como uma sitcom de ambiente de trabalho, a trama tem mais cinco personagens centrais: três “budtenders” (balconistas de maconha), o filho de 20 e poucos anos da personagem de Bates e um guarda de segurança profundamente perturbado, todos com uma coisa em comum: estão sempre chapados.

O elenco inclui Tone Bell (série “Whitney”), Dougie Baldwin (série australiana “Nowhere Boys”), Elizabeth Ho (“Cinquenta Tons de Preto”), Elizabeth Alderfer (“Game Day”), Betsy Sodaro (série “Girlboss”), Chris Redd (série “Wet Hot American Summer: Ten Years Later”), Nicole Sullivan (série “Black-ish”) e Michael Trucco (série “Battlestar Galactica”).

A comédia marcará o segundo trabalho de Bates para Lorre, após aparecer num episódio de “Two and a Half Men” em 2012, como o espírito reencarnado de Charlie Harper (o personagem de Charlie Sheen). E também reflete uma tendência recente de produções de séries de comédia sobre o comércio de maconha, como a já cancelada “Mary + Jane”, produzida pelo rapper Snoop Dogg na MTV, e a renovada “High Maintenance”, na HBO. Nenhuma, até agora, superou a pioneira “Weeds” (2005–2012).

Apesar de ser uma produção para streaming, a 1ª temporada de “Disjointed” terá 20 episódios de 30 minutos de duração como uma sitcom de rede televisiva.

A estreia acontece em 25 de agosto.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna