Jessica Chastain confirma que vai filmar X-Men: Fênix Negra

Jessica Chastain confirma que vai filmar X-Men: Fênix Negra

 

A atriz Jessica Chastain usou seu Instagram para confirmar que viverá a antagonista de “X-Men: Fênix Negra”. Em uma foto em que aparece beliscando James McAvoy, intérprete de Charles Xavier na franquia mutante, a atriz escreveu: “Pronto para mim em Montreal? Farei você chorar muito #xmen”.

Não foi divulgado que personagem ela interpretará, mas a imagem com McAvoy e a referência às lágrimas refletem o papel a que ela tem sido relacionada desde junho, quando começaram os rumores de sua participação – no mesmo momento em que o elenco original renovou seus contratos. Na ocasião, comentava-se que ela estava cotada para viver a Imperatriz Lilandra, apresentada como a principal vilã da trama.

Leitores dos quadrinhos da Marvel sabem que Lilandra Neramani não é exatamente uma vilã. Na verdade, ela se torna um dos grandes amores da vida de Charles Xavier. Mas sua presença assinala dois fatos importantes: a chegada de alienígenas na franquia e uma abordagem mais próxima dos quadrinhos para a história da Fênix Negra que o infame “X-Men: O Confronto Final” (2006), que já contou uma versão dessa história no cinema – sem Lilandra.

Nos quadrinhos, a imperatriz shi’ar chega na Terra ao final da “Saga da Fênix Negra”, com o objetivo de prender, julgar e executar Jean Grey pela destruição de naves de seu planeta e o extermínio de mundos com seus poderes de Fênix. O final trágico é bastante conhecido, mas não definitivo, graças à mania da Marvel de ressuscitar personagens.

O roteiro está a cargo de Simon Kinberg, que é produtor da franquia e – atenção! – foi exatamente quem escreveu “X-Men: O Confronto Final”. Ele também fará sua estreia na direção com o longa.

A estreia está marcada para novembro de 2018.

Hey @jamesmcavoyrealdeal you ready for me up in Montreal? Im gonna make you cry so hard ? #xmen @simondavidkinberg

Uma publicação compartilhada por Jessica Chastain (@jessicachastain) em

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna