Hackers divulgam cinco roteiros e telefones dos atores de Game of Thrones

Hackers divulgam cinco roteiros e telefones dos atores de Game of Thrones

 

Os hackers que atacaram a HBO colocaram novos dados da emissora na internet, além dos revelados pela revista The Hollywood Reporter na segunda (7/8). Segundo o jornal inglês The Guardian, entre eles estão os telefones e emails pessoais dos atores de “Game of Thrones”. E há também cinco roteiros da série, incluindo o quinto episódio, que vai ao ar no próximo domingo.

Foram divulgados, ao todo, 3,4 Gb de arquivos roubados, que ainda incluem emails da vice-presidente de programação da HBO, Leslie Cohen, e conteúdos descritos como confidenciais, incluindo uma lista de processos contra emissora, ofertas de emprego a executivos de televisão e planos futuros da empresa.

Acompanhando os arquivos, o grupo de hackers soltou uma carta em vídeo direcionada ao presidente da HBO, Richard Peppler. Identificado apenas como Sr. Smith, o porta-voz dos criminosos informou à empresa que eles deveriam fazer um pagamento dentro de três dias – caso contrários, eles divulgarão todo o material que está em posse deles.

Eles exigem “nosso salário de seis meses em bitcoin”, dizendo que costumam arrecadar entre US$ 12 e 15 milhões de dólares ao ano chantageando empresas cujos sistemas conseguiram invadir. Eles afirmam que lidarão apenas com o presidente da empresa e enviarão mais uma carta detalhando como fazer o pagamento. Em troca, temporadas completas de seriados, informações de login e segredos corporativos da HBO não serão divulgados ao público.

A mensagem também revela detalhes da invasão, com o hacker afirmando que sua equipe levou seis meses e gastou US$ 500 mil na compra de falhas e exploits para obter acesso aos servidores da HBO. O resultado foi o download de 1,5 Tb de dados de todos os tipos, o que inclui, alegam os hackers, preciosos segredos corporativos.

Em pronunciamento após o roubo ser revelado ao público, a HBO afirmou que não acredita que todo o seu sistema de emails tenha sido comprometido, mas reconheceu o roubo de informações. A empresa continua a investigar o caso com a polícia e experts de segurança.

Vale observar, porém, que o vazamento do quarto episódio da 7ª temporada de “Game of Thrones”, na semana passada , não foi resultado do ataque à HBO. Ele veio do outro lado do mundo, furtado da Star India, distribuidora da série na Índia.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.