Diretor de O Roubo da Taça desenvolve a segunda série brasileira da Netflix

Diretor de O Roubo da Taça desenvolve a segunda série brasileira da Netflix

 

A Netflix já definiu a produção de sua segunda série brasileira, após o sucesso internacional de “3%”. Segundo o Estadão, desta vez não será uma sci-fi futurista, mas um drama de época, passado na São Paulo dos anos 1960.

Ainda sem título, o projeto está sendo desenvolvido pela dupla de roteiristas Caíto Ortiz e Lusa Silvestre, responsável pelo longa “O Roubo da Taça” (2016), e pretende fazer um retrato da cultura e da sociedade da época, algo semelhante à premiada série americana “Mad Men”. Além de escrever, Ortiz também dirigiu “O Roubo da Taça” e deve fazer o mesmo na produção seriada.

O roteiro deve ser finalizado ainda neste ano e as gravações começam em 2018. A data de estreia ainda não foi definida.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.