Curta animado sobre romance gay juvenil vira fenômeno no YouTube

Curta animado sobre romance gay juvenil vira fenômeno no YouTube

 

O curta animado “In a Heartbeat” se tornou uma das maiores sensações espontâneas do YouTube, visto por mais de 20 milhões de pessoas em sua primeira semana sem nenhum investimento em marketing – ao contrário de clipes, trailers e canais de celebridades.

Disponibilizado no dia 31 de julho, a animação de quatro minutos conta uma história universal de primeiro amor, que dispensa diálogos para ser entendida. O detalhe é que o romance acontece entre dois meninos em meio a sua rotina escolar.

A produção foi o trabalho de conclusão de Beth David e Esteban Bravo no curso de animação computadorizada da faculdade Ringling College of Art and Design, da Flórida. E deu tanto o que falar que até rendeu cobertura do jornal The New York Times.

O projeto teve orçamento maior que a capacidade dos dois estudantes e precisou contar com o apoio de uma campanha de financiamento online. Eles queriam US$ 3 mil para pagar por compositor e sonorização, mas acabaram arrecadando US$ 14 mil. E desde que o vídeo foi publicado, há apelos para a produção de uma sequência.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.