Samuel L. Jackson vai viver Nick Fury no filme da Capitã Marvel

Samuel L. Jackson vai viver Nick Fury no filme da Capitã Marvel

 

Os sites de fãs de quadrinhos adiantaram a notícia no começo da semana e os rumores agora foram confirmados pelo Deadline. Samuel L. Jackson vai reprisar seu papel como Nick Fury no filme da Capitã Marvel.

O personagem não aparece numa produção da Marvel desde “Vingadores: Era de Ultron”, em 2015. Antes disso, foi baleado e hospitalizado em “Capitão América: O Soldado Invernal” de 2014.

Fury deverá fazer seu retorno em “Vingadores: Guerra Infinita”, que também tem a previsão de introduzir Carol Danvers, a Capitã Marvel.

Não há muitas pistas sobre como isso irá acontecer, mas sua origem deverá ser bastante alterada em relação aos quadrinhos. Isto se deve pela ausência do Capitão Marvel no cinema e ao fato de a história original ser, ironicamente, muito parecida com a do Lanterna Verde da rival DC Comics.

Nos quadrinhos escritos por Roy Thomas e desenhados por Gene Colan no final dos anos 1960, Carol Danvers era uma piloto da Força Aérea americana que adquiriu superpoderes ao ser salva de uma explosão radioativa pelo super-herói alienígena Capitão Marvel. A explosão atingiu seu corpo em nível celular, misturando genes kree em seu DNA, que lhe deram superforça, poder de voo e um “sétimo sentido” (similar, porém mais poderoso que o “normal” sexto sentido). Mas demorou para ela virar super-heroína, adotando o nome de Miss Marvel em 1977. A personagem só passou a ser conhecida como Capitã Marvel em 2012, em homenagem ao herói original, que morreu de câncer numa famosa graphic novel de 1982.

Capitã Marvel será vivida por Brie Larson, atriz vencedora do Oscar de 2016 por “O Quarto de Jack”.

Já o primeiro filme solo de uma super-heroína da Marvel está sendo escrito por Meg LeFauve (“Divertida Mente”) e Nicole Perlman (“Guardiões da Galáxia”), e será dirigido pelo casal Anna Boden e Ryan Fleck, responsável por dramas e comédias indies, como “Parceiros de Jogo” (2015), “Se Enlouquecer, Não Se Apaixone” (2010) e “Half Nelson: Encurralados” (2006).

A estreia só vai acontecer em março de 2019.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.