Filme da Capitã Marvel vai se passar nos anos 1990 e terá alienígenas skrulls

Filme da Capitã Marvel vai se passar nos anos 1990 e terá alienígenas skrulls

 

A Marvel revelou diversos detalhes da produção de “Capitã Marvel” durante a Comic-Con, incluindo algumas artes que só foram exibidas para o público presente, mas podem ser vistas, em cliques não oficiais, logo abaixo. Uma delas traz Brie Larson como a heroína. A outra revela os vilões alienígenas da trama.

O filme manterá o aspecto mais importante da origem da personagem nos quadrinhos: a luta contra invasores espaciais. Mas as artes revelam a raça skrull e não os kree, como o Capitão Marvel, na história que deu superpoderes para a piloto de caças Carol Danvers. As duas espécies são inimigas mortais nas publicações da Marvel e vivem em pé de guerra interplanetária.

Outra novidade importante é que o primeiro filme solo de uma heroína do estúdio vai se passar nos anos 1990. Isto significa que Samuel L. Jackson precisará ser rejuvenescido por computador, já que sua participação como Nick Fury foi confirmada.

O fato de ser uma espécie de prólogo de “Homem de Ferro” (o filme que iniciou o universo cinematográfico Marvel) também pode ter influenciado na opção pelos skrulls, já que eles podem assumir a forma de qualquer pessoa, passando-se por seres humanos. Isto explicaria porque os Vingadores não estavam cientes de uma invasão alienígena nos anos 1990.

“Capitã Marvel” tem roteiro de Meg LeFauve (“Divertida Mente”) e Nicole Perlman (“Guardiões da Galáxia”), e será dirigido pelo casal Anna Boden e Ryan Fleck, responsável por dramas e comédias indies, como “Parceiros de Jogo” (2015), “Se Enlouquecer, Não Se Apaixone” (2010) e “Half Nelson: Encurralados” (2006).

A estreia só vai acontecer em março de 2019.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.