AMC desenvolve séries de sci-fi e terror do roteirista de A Viagem e do produtor de The Walking Dead

AMC desenvolve séries de sci-fi e terror do roteirista de A Viagem e do produtor de The Walking Dead

 

O canal pago AMC anunciou o desenvolvimento de oito novas séries, que tiveram encomenda de diversos roteiros, seguindo o modelo que rendeu a aprovação de “Dietland” para a próxima temporada.

O AMC pretende mudar o paradigma da produção de séries com sua nova abordagem. Em vez de pagar atores, diretores, equipe técnica e demais despesas de um piloto para avaliar se aprova uma nova atração, o canal decidiu concentrar seu investimento na encomenda de vários roteiros de cada projeto, de modo a ter uma noção mais clara de onde a série pode chegar.

Refletindo o fato de “The Walking Dead” ser a atração de maior audiência do canal, sete dos oito projetos anunciados no fim de semana, durante evento da TCA (Associação dos Críticos de TV dos EUA), são produções do gênero fantástico.

A ironia é que o único drama sem elementos sobrenaturais vem de um astro de “Fear the Walking Dead”. Colman Domingo, que vive Victor Strand no apocalipse zumbi, também é um dramaturgo e diretor de teatro premiado, e está adaptando sua peça “Dot” como série, intitulada “In the Middle of the Street”.

A lista também inclui uma produção desenvolvida por Greg Nicotero, produtor, diretor e responsável pelos efeitos de zumbis de “The Walking Dead”. Trata-se de “Shock Theatre”, uma antologia de terror – há outra no lote – estilizada em homenagem aos filmes B clássicos.

Um dos projetos mais promissores é uma sci-fi. Trata-se de “Liking What You See”, a segunda adaptação de um conto de Ted Chiang realizada pelo roteirista Eric Heisserer. A primeira foi “A Chegada” (2016). A trama se passa num futuro próximo, após a obsessão da mídia pela aparência levar uma comunidade a se voluntariar para uma experiência que remove a capacidade de perceber a beleza física. Os habitantes de Saybrook passam, então, a enxergar as pessoas apenas por seus méritos. O problema é a reação do resto do mundo.

Outra adaptação literária da lista é “Ballad of Black Tom”, baseada no livro homônimo de Victor LaValle, que acompanha uma conspiração demoníaca na Era do Jazz, em que um músico precisa impedir o fim do mundo. O próprio LaValle está escrevendo a adaptação.

“The Age of Miracles”, por sua vez, acompanha uma família disfuncional após a rotação da Terra desacelerar, os dias e noites ficarem maiores e a gravidade começar a falhar. O roteiro é de Sinead Daly (série “The Get Down”).

Até o momento, apenas um dos roteiros vem com protagonista definido, porque o ator também é produtor. Rainn Wilson (série “The Office”) vai estrelar uma trama sci-fi ainda sem título em que ele é possuído por alienígenas.

Por fim, a segunda antologia de terror é “Underbelly”, produzida por Daniel C. Connolly (das séries “The Son” e “Into the Badland”), que pretende trazer um olhar sombrio para a cultura pop.

Além destas séries, também estão em desenvolvimento atrações documentais, dentre as quais se destaca “Wicked West”, uma antologia de histórias reais de terror que teriam acontecido no Velho Oeste. A produção é da Blumhouse, responsável pelos filmes de terror “Corra!” e “Fragmentado”.

Se aprovados, estes projetos só devem começar a ser produzidos em 2018, provavelmente para uma estreia no ano seguinte.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.