Trailer de cinco minutos da nova série SWAT explora polêmica racial e muita ação

Trailer de cinco minutos da nova série SWAT explora polêmica racial e muita ação

 

A rede CBS divulgou as fotos e o trailer de cinco minutos do reboot da série “SWAT”, sucesso dos anos 1970, que retorna totalmente repaginada. O contexto da atualização se estabelece a partir de uma tragédia, quando um adolescente negro se torna vítima de um tiroteio entre a polícia e criminosos. O caso evoca polêmicas raciais do noticiário norte-americano e leva à decisão de promover um oficial negro ao comando da SWAT, após o antigo comandante ser responsabilizado pelo tiro no jovem inocente.

O contraponto desse drama são cenas intensas de ação, com direito a capotagens espetaculares de carros, uma especialidade do diretor do piloto: ninguém menos que Justin Lin, responsável pela maioria dos filmes da franquia “Velozes e Furiosos”.

A série é estrelada por Shemar Moore (ex-“Criminal Minds”) no papel de Daniel ‘Hondo’ Harrelson, dividido entre a comunidade em que cresceu e seu dever como policial. Mas em vez de considerar isso um problema, o vídeo demonstra que será sua inspiração, ao ser encarregado de comandar a unidade altamente treinada da SWAT de Los Angeles, considerada a tropa de elite do combate ao crime.

O elenco também conta com Stephanie Sigman (“007 Contra Spectre”), Alex Russell (“Poder sem Limites”), Jay Harrington (série “Better Off Ted”), Lina Esco (série “Kingdom”), Kenny Johnson (série “Bates Motel”) e David Lim (série “Quantico”).

Desenvolvida por Aaron Rahsaan Thomas (roteirista de “CSI: New York” e “Sleepy Hollow”) e produzida por Shawn Ryan (criador da igualmente clássica série policial “The Shield”) e Justin Lin, “SWAT” será exibida às quintas-feiras, a partir de novembro nos Estados Unidos.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna